Exportação de soja do Brasil perde força até a 2ª semana de junho, mas ainda supera 2020

Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Em junho do ano passado, o maior produtor e exportador global da oleaginosa embarcou 606,7 mil toneladas diárias

A média diária de embarques de soja do Brasil atingiu 637,56 mil toneladas até a segunda semana de junho, um avanço no comparativo anual, mas desacelerou desde o início do mês, quando a exportação chegou a superar 800 mil toneladas por dia, mostraram dados de hoje (14) do governo federal.

Em junho do ano passado, o maior produtor e exportador global da oleaginosa embarcou 606,7 mil toneladas diárias, informou a Secex (Secretaria de Comércio Exterior).

LEIA MAIS: Bayer anuncia nova tecnologia de soja transgênica no Brasil

O minério de ferro, que foi mais um destaque da primeira semana deste mês, com mais de 2 milhões de toneladas exportadas ao dia, baixou a média diária para 1,93 milhão. Um ano antes, o embarque foi de 1,4 milhão de toneladas ao dia.

O petróleo, enquanto isso, apresentou forte ritmo na última semana.

Após registrar uma queda de 53,11% na média diária na primeira semana semana de junho, quando foram embarcadas apenas 121,6 mil toneladas/dia, o combustível fóssil viu as exportações saltarem na segunda semana, atingindo agora média de 422,9 mil por dia, ou alta de 63% no ano a ano.

Os envios de algodão para o exterior também apareceram com destaque nos dados do governo, com os embarques acumulados nas duas primeiras semanas do mês chegando perto de superar o volume exportado em junho completo de 2020. Na média diária, a fibra apura alta de 118,48%, para 5,9 mil toneladas ao dia.

Além disso, as exportações de café se aproximaram de metade do total embarcado em junho de 2020, com média diária de 8,8 mil toneladas, embora tenham desacelerado frente à semana anterior. Atualmente, o café apura aumento de 31% na comparação anual –na semana passada, a cifra chegava a 73%. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).