Anec eleva previsão de exportação de soja do Brasil e reduz a de milho para setembro

A exportação de soja deve alcançar 5,04 milhões de toneladas no mês, ante 4,8 milhões na previsão da semana anterior.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS/Paulo Whitaker
REUTERS/Paulo Whitaker

A exportação de soja deve alcançar 5,04 milhões de toneladas no mês, ante 4,8 milhões na previsão da semana anterior

Acessibilidade


A exportação de soja do Brasil deve alcançar 5,04 milhões de toneladas em setembro, ante 4,8 milhões de toneladas na previsão da semana anterior, de acordo com dados divulgados hoje (22) pela Anec (Associação Nacional dos Exportadores de Cereais).

O volume representa um crescimento de pouco mais de 1 milhão de toneladas na comparação com os embarques de setembro de 2020.

LEIA MAIS: Café robusta fecha em alta na ICE, açúcar também avança

Caso se confirme, o total embarcado de janeiro a setembro atingiria 79,3 milhões de toneladas, versus 82,3 milhões de toneladas em todo o ano passado.

Já a exportação de milho do país foi estimada em cerca de 2,8 milhões de toneladas em setembro, contra 2,92 milhões na previsão da semana anterior.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em meio a uma produção menor do Brasil este ano, os embarques no mês cairiam em quase 3 milhões de toneladas na comparação anual, deixando as exportações de janeiro a setembro em 12,9 milhões de toneladas, ante mais de 33 milhões de toneladas em todo o ano passado.

A exportação de farelo de soja, por sua vez, foi projetada em 1,71 milhão de toneladas em setembro, aumento de 400 mil toneladas na comparação anual. No acumulado do ano, os embarques já somariam 13 milhões de toneladas, versus 16,8 milhões em todo o ano de 2020. (com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: