Embarque de milho brasileiro em novembro deve ser maior que o de soja

Exportação do cereal deve alcançar 1,964 milhão de toneladas.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Marcelo Teixeira/Reuters
Marcelo Teixeira/Reuters

Exportação de milho deve alcançar 1,964 milhão de toneladas em novembro

Acessibilidade


A exportação de milho do Brasil deverá alcançar 1,964 milhão de toneladas em novembro, apontou hoje (3) a Anec (Associação Nacional dos Exportadores de Cereais), indicando que os embarques mensais do produto poderão superar pela primeira vez, desde janeiro, os de soja no ano.

A exportação de soja do Brasil deve alcançar 1,930 milhão de toneladas neste mês, segundo dados da Anec obtidos com a programação de navios nos portos.

LEIA TAMBÉM: Agricultores argentinos vendem 33,1 milhões de toneladas de soja em 2020/21

Apesar da possibilidade de o Brasil exportar mais milho que soja em novembro, os embarques do cereal cairiam cerca de 3 milhões de toneladas na comparação com o mesmo mês do ano passado, uma vez que o país sofre os efeitos da quebra de safra por seca e geadas.

Já a exportação de soja mais que dobraria na comparação anual em novembro, o que ajudaria o Brasil a confirmar um recorde de vendas externas da oleaginosa em 2021.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Considerando a exportação prevista para novembro, os embarques de soja no ano estão estimados em 83,8 milhões de toneladas. Já os de milho acumularão cerca de 16,5 milhões de toneladas, cerca de metade do exportado em 2020. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: