Unigel compra gás natural da Petrobras e Shell para fábricas de fertilizantes

Empresas também fechou contrato de compra de gás com a Shell Energy neste mês, por um período de dois anos.

Redação
Compartilhe esta publicação:
REUTERS_Nacho Doce
REUTERS_Nacho Doce

Setor do agronegócio vem trabalhando com reservas apertadas de fertilizantes nesta safra

Acessibilidade


A Unigel, uma das maiores empresas químicas do país, fechou contrato de compra de gás natural com a Petrobras e Shell para suprimento de suas fábricas de fertilizantes na Bahia e Sergipe.

Com a Petrobras, o contrato com duração de quatro anos foi fechado na modalidade firme, informou a Unigel em comunicado ontem (28).

LEIA TAMBÉM: Por que a agricultura de precisão nas fazendas de soja é boa para o planeta

A Unigel também fechou contrato de compra de gás com a Shell Energy neste mês, com entrega de volumes em modalidades firme e flexível, por um período de dois anos.

Os contratos entram em vigor a partir de 1º de janeiro de 2022 e irão abastecer as fábricas de fertilizantes nitrogenados. “Os contratos são fundamentais para garantir que as fábricas operem dentro de suas plenas capacidades”, disse a empresa em nota.  A estratégia da empresa faz parte da organização desse setor para aumentar a oferta de fertilizantes aos agricultores brasileiros, um dos gargalos trazidos pela Covid-19.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Unigel iniciou a operação da fábrica de fertilizantes nitrogenados na Bahia em julho, enquanto a planta de Sergipe opera desde maio. Ambas foram arrendadas junto à Petrobras. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: