Índia negocia acordo de importação de fertilizantes com Rússia

A Índia é um dos principais importadores de ureia e outros nutrientes, com um setor agrícola que emprega cerca de 60% do país.

Da Reuters
Compartilhe esta publicação:
Plantação em processo de fertilização
Plantação em processo de fertilização

A Índia é um dos principais importadores de ureia e outros nutrientes, com um setor agrícola que emprega cerca de 60% do país

Acessibilidade


A Índia está em negociações governamentais com a Rússia para o fornecimento de fertilizantes no longo prazo, disseram fontes do governo e industriais, à medida que o país asiático busca se proteger da instabilidade geopolítica e da alta de preços.

A Índia é um dos principais importadores de ureia e outros nutrientes do solo necessários para produzir alimentos, com um setor agrícola que emprega cerca de 60% da força de trabalho do país e responde por 15% da economia de 2,7 trilhões de dólares.

O ministro de Fertilizantes Mansukh Mandaviya junto com autoridades de empresas indianas de fertilizantes visitarão Moscou mais tarde neste mês ou no início de março para discutir acordos com o ministro de comércio russo, Denis Manturov, disseram as fontes do governo.

Esta é a primeira vez em 30 anos que o governo indiano estará envolvido em negociações plurianuais de importaçãopara fertilizantes. Em 1992, a Índia lançou uma políticaanunciando a desregulação dos nutrientes do solo, exceto a ureia.

As fontes disseram que a Índia pretende fechar compras de 1 milhão de toneladas ao ano de fosfato de diamônio (DAP) e potássio; e cerca de 800.000 toneladas por ano de uma mistura de nitrogênio, fósforo e potássio (NPK).

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Preços e quantidades firmes ainda não foram fixados…O foco é ter suprimentos seguros a preços razoáveis. Considerando que o ministro (indiano) está envolvido, então esperamos obter algum desconto”, disse uma das fontes.

A indiana Rashtriya Chemicals and Fertilizers Ltd, National Fertilizers Ltd, Madras Fertilizers Ltd, Fertilizantes e Produtos Químicos Travancore e India Potash devem assinar um contrato de 3 anos para DAP, potássio e fertilizantes complexos com empresas russas, incluindo Phosagro e Uralkali, disseram as fontes.

Empresas indianas já têm um acordo de importação de 400.000toneladas de DAP com a Phosagro.

“Estamos atualmente em negociações com nossos colegas indianos para estender e desenvolver nossos acordos existentes para o fornecimento de fertilizantes minerais da Phosagro”, disse a Phosagro à Reuters. A Uralkali se recusou a comentar.

Em 2021, alguns Estados da Índia enfrentaram escassez de fertilizantes após restrições de exportação da China e um aumento recorde de preços no mercado global, desencadeado por fatores como altos custos de energia e sanções ocidentais contra Belaruskali, o segundo maior produtor de potássio. Empresas indianas e os ministérios de fertilizantes e comércio russo não responderam a pedidos de comentários da Reuters. Um funcionário de uma empresa indiana de fertilizantes que negocia acordos no exterior disse que sua companhia está planejando assinar um acordo inicial de longo prazo com a Rússia.

“Os preços dos fertilizantes estão subindo no mercado global. A Índia é um dos maiores importadores do mundo e a Rússia é nosso fornecedor chave. Nossa tentativa é isolar os agricultores da volatilidade dos preços por meio de contratos de fornecimento de longo prazo”, disse ele.

Compartilhe esta publicação: