China anuncia para 10 de março a compra de 38 mil toneladas de carne suína congelada

Agricultores chineses vêm sofrendo enormes perdas devido aos baixos preços da carne suína e altos custos de alimentação.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Rodolfo Buhrer/Reuters
Rodolfo Buhrer/Reuters

A compra ocorre num momento em que a China busca sustentar os preços do suíno após uma queda acentuada

Acessibilidade


A China comprará 38 mil toneladas de carne suína para suas reservas estatais centrais na quinta-feira (10), disse o Centro de Gerenciamento de Reservas de Mercadorias da China hoje (7).

A compra, após a primeira rodada de estoques deste ano na semana passada, ocorre num momento em que Pequim busca sustentar os preços do suíno após uma queda acentuada.

Agricultores em muitas regiões da China vêm sofrendo enormes perdas devido aos baixos preços da carne suína e altos custos de alimentação.

Perdas duradouras podem levar alguns a sair do mercado, levando a um corte na produção da carne preferida da China, disseram analistas.

VEJA TAMBÉM: China suspende importação de carne de aves da unidade da BRF em Lucas do Rio Verde

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O rebanho suíno da China foi dizimado anteriormente pela doença mortal da peste suína africana, elevando os preços da carne suína e aumentando o índice de preços ao consumidor.

Desde então, Pequim reconstruiu seu enorme rebanho de suínos e a estabilização da produção tornou-se um importante foco de política para lideranças.

Compartilhe esta publicação: