AgroRound: Raízen, Mantiqueira, Nestlé e outras notícias do campo

Confira parcerias, lançamentos e mais novidades que movimentaram o agro na última semana

Redação
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


A Raízen, produtora de açúcar e etanol, anunciou a construção de duas novas plantas dedicadas à produção de E2G (etanol de segunda geração) em Valparaíso (SP) e Barra Bonita (SP). 

Com investimento aproximado de R$ 2 bilhões, cada espaço terá capacidade de produção de 82 mil metros cúbicos de E2G por ano, adicionando uma capacidade anual de aproximadamente 164 milhões de litros de biocombustível.

Leia mais: JBS é a maior empresa do agro brasileiro no ranking Forbes Global 2000

O E2G é produzido a partir de uma tecnologia proprietária da companhia, utilizando como insumo o bagaço da cana-de-açúcar, biomassa que é extraída do processamento da cana e produção do etanol de primeira geração e açúcar. Segundo a empresa, o biocombustível tem potencial para elevar em cerca de 50% a capacidade de produção de etanol, sem necessidade de adicionar um hectare de terra.

Cultivo consorciado de café com macadâmia é 215% mais produtivo 

Após 13 anos de estudos, a Apta (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios) definiu que o cultivo consorciado de café com macadâmia é uma opção viável para produtores rurais paulistas. Os sistemas consorciados foram mais produtivos que os monocultivos, atingindo 215% mais de rendimento e receita até 3,2 vezes superior em condições sem irrigação.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Ainda segundo a pesquisa, o consórcio cria a possibilidade de sequestro de sete toneladas de gás carbônico por hectare anualmente. Os resultados foram alcançados por meio de um experimento de longa duração instalado em um produtor rural do município de Dois Córregos (SP).

“Após 13 anos de trabalho e a colheita de dez safras de café e de macadâmia, foi possível respondermos muitas dúvidas sobre os sistemas e chegar a resultados bastante consistentes, que comprovam que o cultivo consorciado de café e macadâmia traz benefícios agronômicos, econômicos e ambientais”, afirma o pesquisador Marcos Perdoná, líder do projeto ao lado do professor da Unesp (Universidade Estadual Paulista)Rogério Soratto. Os resultados foram publicados na revista científica internacional Food and Energy Security.

Aviagen anuncia investimentos de R$ 250 milhões

A Aviagen, empresa de genética de aves sediada nos Estados Unidos, anunciou investimento de R$ 250 milhões em um projeto para aumentar a capacidade de produção de matrizes no Brasil.

O projeto inclui a construção de uma nova granja para a produção de matrizes no estado de São Paulo, além da ampliação dos incubatórios de Carambeí (PR) e Rio Claro (SP). Os investimentos também serão utilizados na melhoria da fábrica de ração da empresa em Itaí (SP). A empresa estima que as mudanças permitirão, a  partir de 2023/24, um acréscimo de 4 milhões de matrizes por ano na capacidade produtiva da empresa.

Mantiqueira lança marca de ovos de galinhas livres

Tim Graham_Gettyimages

A Mantiqueira, empresa de avicultura que produz 2,7 bilhões de ovos por ano, anunciou o lançamento da marca Happy Eggs, com portfólio dedicado à galinhas livres. Serão comercializados ovos do tipo orgânico caipira, caipira, caipira azul, ômega 3, vermelho e branco.

O lançamento oficial ocorrerá nesta semana, entre os dias 16 e 19, durante a Apas Show, uma das maiores feiras de alimentos e bebidas das Américas. Ao longo do evento, a Mantiqueira também apresentará a evolução da sua meta de criar 2,5 milhões de galinhas livres até 2025

Programa ABR certifica primeiras fazendas na safra 2021/22

O programa ABR (Algodão Brasileiro Responsável), gerido pela Abrapa (Associação Brasileira de Produtores de Algodão), certificou as primeiras fazendas na safra 2021/22.

São 32 propriedades rurais localizadas na Bahia e oito em Goiás que tiveram boas práticas atestadas nos pilares social, ambiental e econômico. A certificação avalia oito critérios: contrato de trabalho, proibição de trabalho infantil, proibição de trabalho análogo ao escravo, liberdade de associação sindical, proibição de discriminação de pessoas, meio ambiente, segurança do trabalho e saúde ocupacional, desempenho ambiental e boas práticas. 

Tereos firma parceria com AgTech Garage

A Tereos, multinacional francesa que atua na produção brasileira de açúcar e etanol, fechou uma parceria com o hub de inovação AgTech Garage, sediado em Piracicaba (SP). O objetivo da colaboração é que a companhia impulsione sua transformação digital e “desenvolva ou amadureça” projetos já existentes dentro da empresa. 

O AgTech Garage está conectado com cerca de 900 startups na comunidade virtual e 70 grandes empresas para estimular e facilitar o desenvolvimento de soluções inovadoras no agronegócio.

“Atuamos em uma cadeia complexa em que a transformação digital, por meio da tecnologia e da ciência de dados, ganha cada vez mais importância para a tomada de decisão”, afirma André Margoto, gerente-executivo de planejamento e analytics da Tereos.

Goodyear produz primeiro pneu com óleo de soja no Brasil

A Goodyear, fabricante de pneus, lançou o primeiro pneu produzido no Brasil, em sua unidade de Americana (SP), que traz o óleo de soja em sua composição. 

Além de se tratar de um composto renovável, uma alternativa aos derivados de petróleo, o uso do óleo de soja resultou em um aumento de 20% em quilometragem e redução de 4,6% em consumo de combustível em comparação com o modelo antecessor. O pneu foi criado para SUVs e picapes utilizadas na cidade ou no campo.

Recebimento de amêndoas de cacau nacional cresce 44% 

Gonzalo Calle Asprilla_Gettyimages

Em abril, o recebimento de amêndoas de cacau brasileiras chegou a 11.912 toneladas, um aumento de 44,6% em relação ao mês de março, quando o volume recebido ficou em 8.236 toneladas. 

Os dados divulgados pela AIPC (Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau) também apontam que, no acumulado do ano, o volume total de amêndoas recebido foi de 40.842 toneladas, volume 92,8% superior às 21.177 toneladas recebidas no mesmo período de 2021.

“Esse aumento no volume acumulado demonstra os resultados dos investimentos em diversas frentes ao longo dos últimos anos”, explica Anna Paula Losi,  diretora-executiva da AIPC. “A safra principal em 2021 não foi muito boa, mas os resultados da safra temporã ano passado trouxeram perspectivas positivas para o setor, que estão se consolidando com os resultados do primeiro quadrimestre de 2022.”

Receita líquida da BrasilAgro atinge R$ 1,1 bilhão

A BrasilAgro, produtora de commodities e imobiliária especializada na compra e venda de terras agrícolas, fechou o terceiro trimestre do ano safra 2021/22 com crescimento de 157% na receita líquida. O valor de R$ 1,1 bilhão superou os R$ 440,6 milhões registrados no mesmo período da safra 2020/21. 

Já a receita operacional cresceu 90% no último trimestre. O faturamento saltou de R$ 92,6 milhões entre janeiro e março do ano passado para R$ 175,9 milhões em igual período deste ano.

Startup de bioinsumos recebe aporte da Inquima

A IdeeLab, startup de biotecnologia sediada em Piracicaba (SP), recebeu um aporte da Inquima, empresa paranaense de adjuvantes e produtos para nutrição foliar. Sem divulgar o valor, ambas as partes afirmam que o aporte será utilizado para a ampliação dos laboratórios e do centro experimental da startup. O investimento resultará na construção de uma biofábrica, em área de 20 mil metros quadrados.

Com o eventual aumento da capacidade para o desenvolvimento de produtos, a startup afirma que trabalhará com a transferência de tecnologias e produção de insumos com marcas de terceiros. “Todas essas modalidades devem gerar ganhos de R$ 1 bilhão nos próximos 10 anos”, afirma Ronaldo Dalio, diretor executivo e fundador da IdeeLab.

Central Bela Vista identificará touros que engordam mais com menos alimento

Embrapa/Divulgação

A Central Bela Vista, empresa de biotecnologia de Botucatu (SP), inaugurou um novo centro tecnológico para identificar quais touros são capazes de engordar mais com menos alimento. O espaço integrará tanto a identificação genética quanto o tratamento dos animais.

“A partir do momento que o animal chega, ele recebe um brinco eletrônico e, quando vai comer no cocho, que também tem controle eletrônico, o chip do brinco é lido e mede-se a quantidade de comida ingerida. E toda vez que o animal beber água, o chip é novamente lido e, no bebedouro, há uma balança que pesa o touro”, explica Pedro Araújo, gerente comercial da Bela Vista. “Após a pesagem, é feito o ultrassom, com o qual é medida a área de olho de lombo, espessura de gordura subcutânea e marmoreio.”

O processo dura 77 dias e já atrai produtores que buscam maior eficiência produtiva e melhor qualidade da carne.

Nestlé atrela bônus à meta de redução de emissão de CO2

Com a meta de zerar as emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050, a Nestlé anunciou que passará a  atrelar a remuneração variável de toda a sua liderança ao cumprimento de metas de redução das emissões de carbono.

“É um passo concreto que demonstra o compromisso com a evolução da nossa jornada de sustentabilidade de ponta a ponta na cadeia de valor”, afirma Marcelo Melchior, CEO da Nestlé Brasil. Cerca de 2 mil colaboradores em todo o Brasil serão impactados.

Atvos neutraliza emissões de carbono em ralis

A Atvos, produtora de etanol presente nos estados de SP, GO, MT e MS, continuará sua parceria com a montadora Mitsubishi Motor para neutralizar as emissões de carbono de todos os eventos da temporada 2022 dos ralis da Mitsubishi.

Ao todo, 564 toneladas métricas de CO2 provenientes de cerca de 50 eventos serão neutralizadas, o que seria correspondente ao plantio de 78.928 árvores no meio ambiente.

Compartilhe esta publicação: