JBS é a maior empresa do agro brasileiro no ranking Forbes Global 2000

Com outras cinco companhias, valor de mercado do grupo chega a um total de R$ 357,41 bilhões.

Erich Mafra
Compartilhe esta publicação:
Divulgação/JBS
Divulgação

Na 399ª posição no ranking Forbes Global 2000, a JBS é a maior empresa do agro brasileiro

Acessibilidade


A JBS é a maior empresa do agro brasileiro no ranking Forbes Global 2000, anunciado ontem (12). A companhia de proteína animal que nasceu em Goiás ocupa no ranking geral a posição 399.

O ranking anual é publicado desde 2003. A Forbes Global 2000 classifica as maiores empresas do mundo por meio de quatro métricas: vendas, lucros, ativos e valor de mercado.  

Leia mais: As maiores empresas de alimentos do mundo em 2022

As seis empresas do agronegócio brasileiro com atuação direta no setor, ou com forte atuação no mercado agro – como Brasken e Weg –, totalizaram um valor de mercado de US$ 70,56 bilhões (R$ 357,41 bilhões na cotação atual).

Os solavancos do último ano, provocados pela pandemia, levaram o total de empresas presentes no ranking global a um valor total geral da ordem de US$ 75,6 trilhões (R$ 381,53 trilhões). Em 2021, esse valor era de US$ 79,8 trilhões (R$ 402,73 trilhões). No entanto, as outras três métricas – vendas, lucros e ativos – aumentaram em relação ao ano passado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Para definir a posição das empresas no ranking, a Forbes utilizou os dados financeiros dos últimos 12 meses, disponíveis em 22 de abril de 2022 para calcular as métricas usadas em sua classificação.

Confira os detalhes das companhias de agro:

1 – JBS

399ª posição no ranking geral 

Valor de mercado: US$ 17,48 bilhões (R$ 88,75 bilhões)

Vendas: US$ 64,99 bilhões (R$ 329,99 bilhões)

Lucro: US$ 3,8 bilhões (R$ 19,29 bilhões)

Bens: US$ 37,18 bilhões (R$ 188,78 bilhões)

2 – Braskem 

953ª posição no ranking geral 

Valor de mercado: US$ 6,76 bilhões (R$ 34,32 bilhões)

Vendas: US$ 19,57 bilhões (R$ 99,37 bilhões)

Lucro: US$ 2,59 bilhões (R$ 13,15 bilhões)

Bens: US$ 16,62 bilhões (R$ 84,39 bilhões)

3 – Suzano

992ª posição no ranking geral 

Valor de mercado: US$ 14,66 bilhões (R$ 74,44 bilhões)

Vendas: US$ 7,59 bilhões (R$ 38,54 bilhões)

Lucro: US$ 1,6 bilhão (R$ 8,12 bilhões)

Bens: US$ 21,36 bilhões (R$ 108,46 bilhões)

4 – Raízen 

1257ª posição no ranking geral 

Valor de mercado: US$ 1,36 bilhão (R$ 6,91 bilhões)

Vendas: US$ 30,14 bilhões (R$ 153,04 bilhões)

Lucro: US$ 619 milhões (R$ 3,14 bilhões)

Bens: US$ 18,86 bilhões (R$ 95,76 bilhões)

5 – Marfrig 

1495ª posição no ranking geral 

Valor de mercado: US$ 2,62 bilhões (R$ 13,30 bilhões)

Vendas: US$ 15,82 bilhões (R$ 80,33 bilhões)

Lucro: US$ 804,6 milhões (R$ 4,08 bilhões)

Bens: US$ 8,62 bilhões (R$ 43,77 bilhões)

6 – Weg 

1545ª posição no ranking geral 

Valor de mercado: US$ 27,68 bilhões (R$ 140,21 bilhões)

Vendas: US$ 4,37 bilhões (R$ 22,14 bilhões)

Lucro: US$ 664,5 milhões (R$ 3,36 bilhões)

Bens: US$ 4,3 bilhões (R$ 21,78 bilhões)

Compartilhe esta publicação: