As maiores empresas de alimentos do mundo em 2022

Confira as companhias do setor que integram o ranking Forbes Global 2000, que juntas movimentaram R$ 7,6 trilhões.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Com US$ 93 bilhões em vendas, a Nestlé é a maior empresa de alimentos do mundo em 2022

Acessibilidade


A inflação crescente manteve a indústria de alimentos e bebidas com preços em alta em todo o mundo. No ano passado, as 25 maiores empresas deste setor geraram US$ 1,5 trilhão (cerca de R$ 7,6 trilhões) em receita, enquanto os lucros da indústria aumentaram para mais de US$ 155 bilhões (R$ 796 bilhões).

Elas fazem parte da lista Forbes Global 2000 em 2022. As empresas de todos os setores da economia respondem por US$ 47,6 trilhões (R$ 244,81 trilhões) em receitas, US$ 5,0 trilhões (R$ 25,7 trilhões) em lucros, US$ 233,7 trilhões (R$ 1,2 quatrilhão) em ativos e US$ 76,5 trilhões (R$ 393,4 trilhões) em valor de mercado. Há 58 países representados na lista. Os Estados Unidos têm o maior número com 590 empresas, seguidos por China/Hong Kong (351) e Japão (196).

Leia mais: PSA, um avanço importante

Entre as companhias de alimentos e bebidas com balancetes financeiros publicados, a Nestlé manteve o título de maior do setor no mundo, posicionada no primeiro lugar com mais de US$ 93 bilhões (R$ 477 bilhões) em vendas. 

Os produtos congelados da Nestlé, como Hot Pockets, voaram das prateleiras dos supermercados à medida que mais consumidores ficaram em casa. Também opera um grande negócio de água engarrafada e é proprietária da marca de café Nespresso. O conglomerado com sede na Suíça realiza a maior parte de suas vendas nos Estados Unidos e tem quase 70 fábricas no país.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O lucro bruto da Nestlé no ano passado foi de US$ 49 bilhões (R$ 251 bilhões), um aumento de 3%. É uma das principais métricas que a Forbes usa todos os anos para analisar empresas que integram a lista Forbes Global 2000 – o ranking das companhias mais poderosas do mundo, medido por uma pontuação composta de receita, lucro, ativos e valor de mercado. Na lista geral deste ano, a Nestlé ficou em 46º lugar, caindo sete posições.

A Nestlé foi brevemente destronada pela Anheuser-Busch InBev em 2018, mas mantém o título de principal empresa de alimentos há mais de uma década. Este ano, a AB InBev ficou em terceiro lugar, depois de faturar US$ 54 bilhões (cerca de R$ 277 bilhões) em vendas anuais, um aumento de US$ 8 bilhões (aproximadamente R$ 41 bilhões) em relação ao ano anterior, quando o coronavírus fechou bares e estádios em toda a América. A Pepsi, que há anos briga com a AB InBev pelo segundo e terceiro lugar, está em segundo lugar este ano, com quase US$ 80 bilhões (cerca de R$ 411 bilhões) em receita.

Completando a lista estão outras grandes empresas de alimentos, incluindo Tyson Foods, JBS e Kraft-Heinz.

Confira na tabela abaixo quais são as 20 maiores empresas de alimentos do mundo em 2022:

 

Compartilhe esta publicação: