Paraná deve produzir recorde de 16 milhões de toneladas de milho na segunda safra

Já a previsão para a soja foi ajustada para 12 milhões de toneladas

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Paraná deve produzir 16 milhões de toneladas de milho segunda safra

Acessibilidade


A segunda safra de milho do Paraná 2021/22 foi estimada hoje (26) em 16 milhões de toneladas, de acordo com levantamento do Deral (Departamento de Economia Rural), que manteve a projeção de uma produção recorde no Estado em seu levantamento mensal.

Isso deverá representar um crescimento de 180% ante a temporada passada, quando seca e geadas afetaram as produtividades.

Leia mais: Startup levanta R$ 1,3 milhão para combater o desperdício de alimentos

A colheita de milho segunda safra está próxima de começar no Estado, com 14% das áreas em maturação.

A safra de soja do Paraná 2021/22, já colhida, foi ajustada para 12 milhões de toneladas, ante 11,8 milhões na previsão de abril. Com a seca no início do ano, a produção da oleaginosa cairá 39% versus o ciclo anterior.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Já a safra de trigo, cujo plantio havia sido realizado em mais da metade da área projetada até o início da semana, está estimada em 3,88 milhões de toneladas, ante 3,86 milhões na previsão anterior, segundo o órgão do governo do Estado.

O volume representaria crescimento de 21% ante 2021, mas a safra ainda precisa de boas condições climáticas para se confirmar grande.

Compartilhe esta publicação: