Exportação de soja do Brasil cai 28% em abril, mas preço alto impulsiona receita

Segundo a Secex, faturamento com embarques chegou a US$ 6,78 bilhões.

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Embrapa/Divulgação
Embrapa/Divulgação

Exportações de soja do Brasil devem cair em janeiro

Acessibilidade


Os embarques brasileiros de soja alcançaram 11,57 milhões de toneladas em abril, queda de 28,17% no comparativo anual, enquanto os preços subiram cerca de 42% no período, impulsionando a receita dos exportadores, mostraram dados do governo hoje (5).

Segundo a Secex (Secretaria de Comércio Exterior), o faturamento de exportação de soja atingiu US$ 6,78 bilhões, aumento de 1,7% em abril contra o mesmo mês de 2021.

Leia mais: Foodtech quer captar R$ 1,3 milhão para investir no combate ao desperdício de alimentos 

O movimento ocorre em meio a um menor volume de grãos disponível para embarque, devido à quebra de safra no país por seca. Por outro lado, as cotações internacionais da oleaginosa seguem em alta, diante de uma oferta global mais restrita.

Também de acordo com a Secex, as vendas externas de carne bovina somaram 157,4 mil toneladas no mês passado, aumento de 25,5%, ante demanda firme do principal comprador do país, a China.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Na ponta importadora, as compras externas de fertilizantes químicos saltaram 72%, para 3,25 milhões de toneladas, com compradores acelerando os negócios para garantir a oferta que será utilizada na próxima safra, confirmando indicações de dados preliminares do governo para o mês.

O cenário é de escassez do insumo no mundo, após sanções sobre Rússia e Belarus, em meio à guerra na Ucrânia.

Compartilhe esta publicação: