Rebanho de matrizes suínas da China cai 8% em maio

País tem 41,92 milhões de cabeças de animais reprodutores

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Matrizes suínas
Rodolfo Buhrer/Reuters

Segundo o Ministério da Agricultura, o número de matrizes suínas da China caiu mais de 8% em maio

Acessibilidade


O Ministério da Agricultura da China disse hoje (30) que seu rebanho de porcas caiu mais de 8% em maio em comparação com um ano atrás, um declínio maior do que o estimado anteriormente.

Um analista do ministério havia dito anteriormente que o rebanho reprodutor era quase 5% menor que maio de 2021.

Leia mais – Guerra: os impactos brutais na agricultura da Ucrânia

O tamanho total do rebanho reprodutor, de 41,92 milhões de cabeças, não mudou, segundo dados publicados no site do ministério, assim como a estimativa de aumento de 0,4% em maio em relação ao mês anterior.

O ministério não pôde ser contatado após o horário comercial para explicar o motivo da mudança.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O tamanho do rebanho de porcas da China é um indicador observado de perto para a produção de carne no maior produtor mundial.

Compartilhe esta publicação: