Noma se mudará para Austrália por 10 semanas em 2016

Terceiro melhor restaurante do mundo já passou tempo em Londres e em Tóquio.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Reprodução

Reprodução

Acessibilidade


O restaurante dinamarquês Noma, atual terceiro melhor do mundo, irá se mudar temporariamente para Sydney, na Austrália. O estabelecimento irá deixar Copenhague e mudar-se para o bairro de Barangaroo durante dez semanas a partir de janeiro de 2016. O chef René Redzepi pretende testar ingredientes locais.

Não é a primeira vez que o Noma muda de local. Em 2012, Redzepi levou-o à Londres. Entre os pratos exóticos testados, havia um com formigas vivas. No ano passado, o restaurante passou cinco semanas em Tóquio, no Japão. O nome chamou tanta atenção por lá que a lista de espera passou de 60.000 pessoas.

“Nós queríamos viajar para isso mais uma vez e ultimamente tenho sonhado com a Austrália”, explicou Redzepi em seu blog no site oficial do restaurante.

O restaurante com menu local abrirá cinco dias por semana para almoço e jantar. Os preços ainda não foram anunciados, mas o preço típico de um jantar em Copenhague é de 1.700 coroas dinamarquesas (DKK), cerca de R$ 840. As reservas devem abrir no final deste ano.

O Noma já ocupou o cargo de melhor restaurante do mundo durante quatro anos (2010, 2011, 2012 e 2014) e tem duas estrelas Michelin. Na última lista, publicada pela revista Restaurante, o dinamarquês ficou atrás do espanhol El Celler de Can Roca e do italiano Osteria Francescana, respectivamente.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: