Maior coleção particular de uísque irá a leilão por US$ 10 milhões

Reprodução/Forbes
Seleção com algumas das garrafas de uísque mais raras e caras do mundo

Algumas das garrafas de uísque mais raras do mundo estarão em breve disponíveis, como parte do maior leilão de uma coleção particular de uísques da história.

O site de leilões da Whisky Auctioneer venderá 3.900 garrafas que compõem a “The Perfect Collection”, reunida por um colecionador particular do Colorado, o falecido Richard Gooding, ex-magnata da PepsiCo. A venda ocorrerá no próximo ano, em dois leilões.

VEJA MAIS: O restaurante que usou champanhe premium para driblar a crise

A avaliação do preço do conjunto é estimada em um valor de aproximadamente US$ 10,5 mihões, entretanto, como se trata de um leilão recorde de coleções particulares, é perfeitamente possível que o custo final das garrafas seja muito maior.

O fundador da Whisky Auctioneer, Iain McClune, deu alguns exemplos de peças presentes na seleção, no comunicado de imprensa oficial do leilão: “Esse acervo de uísques está cheio de garrafas muito especiais, cada uma delas pesquisada e meticulosamente examinada quanto a condição e autenticidade. Entre as 3.900 unidades, está a maior coleção de Macallan já leiloada e a oportunidade limitada de adquirir as peças Valerio Adami 1926 e Fine & Rare 1926, de 60 anos”.

Esses dois Macallans representam os uísques mais caros do mundo. Ambas as bebidas consistem no líquido extraído do mesmo barril de xerez, às vezes, chamado de “O Santo Graal”.

Além dos Macallans, a seleção inclui alguns dos mais exclusivos Springbanks e Bowmores, que são altamente valorizados pelos colecionadores (Bowmore era o favorito de Gooding). Muitas ofertas raras de várias destilarias fechadas, garrafas verdadeiramente antigas e muito mais.

Pode-se argumentar que essa história em particular é o destaque entre as várias manchetes recentemente divulgadas sobre coleções particulares de uísque.

Há um mês e meio, uma seleção inovadora foi leiloada pela Sotheby’s. Incluía uma garrafa que quebrou o recorde mundial de uísque mais caro naquele leilão, uma Macallan Fine & Rare 1926. Além disso, algumas semanas atrás, o empresário tailandês Viet Nguyen Dinah Tuan ganhou o prêmio Guinness World Record pela coleção de uísques mais valiosa que também inclui algumas garrafas desse barril do Santo Graal.

De qualquer forma, é provável que este conjunto de Gooding quebre o recorde estabelecido há pouco tempo na Sotheby’s pelo valor mais alto pago por uma única coleção em um leilão, se conseguir ultrapassar a marca de US$ 10 milhões (e vencer o Guinness Record, caso seja vendida por mais de US$ 16,7 milhões).

Esta venda também levanta uma questão maior sobre o estado da indústria hoje. Tantas garrafas de uísque premium sendo exibidas e leiloadas a preços recordes em tão pouco tempo podem revelar que o segmento está mais forte do que nunca, com uma demanda sem fim pelas unidades mais raras que continuam gerando manchetes? Ou é o começo de uma potencial crise, uma vez que o preço exponencial das garrafas premium, que aumenta tanto no varejo quanto no mercado secundário, mostra que o mercado como existe hoje é insustentável em um setor com um ciclo histórico de altos e baixos?

Este leilão pode ajudar a responder a essas perguntas de uma maneira ou de outra. De qualquer forma, haverá um uísque incrível disponível para compra em breve pelos fãs da bebida em todo o mundo. A coleção perfeita de Richard Gooding será leiloada no Whisky Auctioneer de 7 a 17 de fevereiro e de 10 a 20 de abril de 2020.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).