Tiaras raras e valiosas são a nova tendência do mercado de aluguel de moda

Procura por joias históricas, com inspiração na realeza, foi muito incentivada pelo sucesso de dramas de época, como as séries “Bridgerton” e “Downton Abbey”.

Roxanne Robinson
Compartilhe esta publicação:
leykladay/Getty Images
leykladay/Getty Images

Procura por tiaras históricas foi muito incentivada pelo sucesso de dramas de época, como as séries “Bridgerton” e “Downton Abbey”

Acessibilidade


O mercado de aluguel de moda acaba de ser coroado, literalmente. Atualmente, noivas ou qualquer pessoa com condições de arcar com os custos podem brincar de princesa por um dia com o novo serviço de locação da Hancocks London. A lendária joalheria no coração da capital inglesa, especializada em joias contemporâneas e vintage desde 1849, agora aluga tiaras históricas para casamentos em 2021 e 2022. A ação foi estimulada especialmente pelo sucesso de séries de televisão como “Bridgerton”, lançada pela Netflix no ano passado, e “Downton Abbey”, além do fenômeno dos “casamentos de vingança pós-pandemia”, que prometem ser maiores e mais caros depois de serem adiados pela crise sanitária do novo coronavírus.

De acordo com Guy Burton, diretor da Hancocks London, tiaras para adultos têm se mostrado uma tendência notável nos últimos meses, em parte graças aos dramas de época. “‘Downton Abbey’ definitivamente criou uma demanda por peças tradicionais de estilo ‘relíquia de família’ vitoriana e eduardiana e, mais recentemente, o efeito ‘Bridgerton’ fez algo semelhante”, disse Burton em um comunicado. 

LEIA MAIS: Bovet cria mostrador de relógio inédito, feito com cristais de açúcar puro

É assim que funciona: as tiaras podem ser emprestadas por 1% do valor de varejo mais IVA (Imposto sobre o Valor Agregado) por 24 horas. Uma peça vitoriana de por volta de 1900, por exemplo, com um preço de etiqueta de £ 65 mil seria alugada por £ 650 por dia mais o imposto. Apesar do valor total do acessório, a cobrança mínima é de £ 100 por dia, mais o IVA. Além disso, o sortudo locatário deverá fornecer um depósito reembolsável igual ao preço integral da tiara. Os clientes também precisam fazer um seguro de curto prazo e os itens devem ser devolvidos à loja nas condições em que foram emprestados.

Divulgação
Divulgação

As tiaras raras da Hancocks London têm peso considerável em quilates

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O mundo pós-pandêmico está criando uma demanda por casamentos exagerados, e as noivas estão procurando tornar seu dia ainda mais especial, já que muitas núpcias foram adiadas devido ao coronavírus. “Antes elas poderiam ter escolhido uma tiara um pouco mais discreta, mas agora, não há como impedi-las (nem seus pais), especialmente quando ficam sabendo sobre a opção de alugar uma peça mágica que representa algo antigo e algo emprestado da tradição. A oportunidade de usar uma peça com ancestralidade se tornou sentimental e fácil”, explicou Burton.

O bônus é que a peça transforma a postura das noivas, que ganham um brilho extra no rosto pelo peso considerável em quilates da maioria das tiaras raras para aluguel. E não apenas a noiva fica animada para usá-la: os convidados também ficam entusiasmados para vê-la, e o item acaba se tornando um dos pontos de destaque da ocasião.

Burton também ressalta o aumento na compra e venda de tiaras antigas durante a pandemia, com destaque para uma eduardiana de diamante e rubi vendida poucos dias depois de entrar no site da loja. “No decorrer da pandemia, parece haver um foco real na filosofia de ‘comprar melhor’, e as pessoas estão dispostas a investir dinheiro em uma joia majestosa que podem usar para sempre e depois passar adiante”, acrescenta.

Versatilidade é outro apelo para comprar esses acessórios de cabeça, pois muitas podem ser transformadas em colares, broches ou joias de cabelo menores que servem para mais ocasiões – e, portanto, são um uso melhor do dinheiro. Uma seleção das peças disponíveis pode ser encontrada no site da Hancocks-London.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: