9 filmes que podem nos ensinar muito sobre a corrida espacial

Reprodução
Reprodução

A corrida espacial está em alta novamente, com a competição entre os bilionários para conquistar novos territórios

Não é novidade os esforços das últimas duas décadas de um grupo de bilionários para conquistar o espaço. Richard Branson, por exemplo, proprietário da Virgin Galactic e de um patrimônio de US$ 5,5 bilhões, embarcou ontem (11) em sua própria espaçonave, a VSS Unity, num voo que levou a tripulação a mais de 80 quilômetros acima da superfície da Terra e permitiu que ela experimentasse a ausência de peso por oito minutos.

A corrida espacial deste século está sendo disputada, de perto, pelos também bilionários Elon Musk, dono da SpaceX e de uma fortuna de US$ 167,7 bilhões, e Jeff Bezos, que além da Amazon é proprietário da Blue Origin – que tem viagem marcada para 20 de julho – e de uma fortuna de US$ 212,2 bilhões.

LEIA MAIS: A jornada de 17 anos de Richard Branson: o primeiro bilionário a conquistar o espaço

Embora esteja em alta no momento, o tema sempre foi alvo da curiosidade humana. Prova disso é o número de produções cinematográficas que retrataram as missões espaciais ao longo do tempo – na ficção e na realidade.

VEJA TAMBÉM: Richard Branson é primeiro bilionário a chegar ao espaço a bordo de nave própria

Para desbravar um pouco mais o tema, selecionamos 9 obras que retratam histórias reais – ou que poderiam ser – sobre o antigo sonho do homem de conquistar o espaço:

  • ”Apollo 13 – Do Desastre ao Triunfo”

    Disponível no HBO Max, Telecine Play, Netflix e Now

    Com um elenco de peso, que inclui Tom Hanks e Kevin Bacon, o filme retrata a missão Apollo 13, realizada em 1970 pela NASA, quando a agência enviou um novo time de astronautas para a Lua após a bem-sucedida missão Apollo 11, no ano anterior. Uma vez no espaço, um tanque de oxigênio explodiu, impossibilitando três astronautas de seguirem a rota, por risco de falta de ar e energia suficientes para retornar em segurança para a Terra. Para evitar o pior, a equipe a bordo e os técnicos em terra precisam lutar contra o tempo para consertar a nave.

    Divulgação
  • ”Gravidade”

    Disponível no HBO Max, Globoplay e Netflix

    O experiente astronauta Matt Kowalski, interpretado por George Clooney, está em missão para consertar o telescópio Hubble ao lado da doutora Ryan Stone (Sandra Bullock) quando ambos são surpreendidos por uma chuva de destroços provenientes de um satélite atingido por um míssil russo. Os dois são, então, jogados para o espaço e ficam à deriva, sem qualquer tipo de apoio da base terrestre da NASA.

    Divulgação
  • ”O Primeiro Homem”

    Disponível na Netflix

    Neste filme biográfico ficamos sabendo mais sobre Neil Armstrong: sua motivação para se tornar astronauta, a apreensão por causa das missões mal-sucedidas e os sacrifícios que precisou fazer na jornada até se tornar o primeiro homem a pisar na Lua. O astronauta é interpretado por Ryan Gosling e a direção ficou por conta de Damien Chazelle (“La La Land” e “Whiplash – Em Busca da Perfeição”). Destaque para a cena do pouso na Lua.

    Reprodução
  • ”Estrelas Além do Tempo”

    Disponível no Telecine Play

    Já acompanhamos a história dos astronautas no espaço, mas que tal saber um pouco sobre aqueles que trabalham do solo para auxiliar as missões? Baseado em uma história real, o filme se passa em 1961, em plena Guerra Fria, tendo como pano de fundo a acirrada corrida espacial entre Estados Unidos e União Soviética. Além disso, os norte-americanos ainda lidam com uma profunda cisão racial entre negros e brancos. A situação é refletida na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigado a trabalhar em um espaço afastado e segregado. Três mulheres se destacam: Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughn (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monáe), amigas que provam a competência diariamente, lidando com o preconceito.

    Divulgação
  • ”2001: Uma Odisseia no Espaço”

    Disponível no HBO Max

    Um clássico de Steven Kubrick, o longa foi lançado um ano antes de o homem pousar na Lua, em meio à efervescente corrida espacial. Nele, um monolito misterioso aparece desde a pré-história, parecendo emitir sinais de outra civilização, influenciando no nosso planeta. Quatro milhões de anos depois, no século 21, uma equipe de astronautas é enviada à Júpiter para investigar o tal monolito a bordo da nave Discovery, totalmente controlada pelo computador HAL 9000. Porém, no meio da viagem, o sistema entra em pane e tenta assumir o controle da nave, eliminando os tripulantes.

    Reprodução
  • ”Interestelar”

    Disponível no HBO Max, Globoplay e Now

    Um grupo de astronautas recebe a missão de verificar quais planetas poderiam receber a população mundial em caso de total esgotamento das reservas naturais da Terra. Cooper (Matthew McConaughey) é chamado para liderar a missão e, assim, descobrir como podemos continuar a espécie fora do habitat natural. Ele aceita o desafio, mesmo sabendo que pode nunca mais retornar e não encontrar mais os filhos.

    Divulgação
  • ”Cowboys do Espaço”

    Disponível no HBO Max

    Um antigo satélite russo apresenta problemas em seu funcionamento e um piloto da Força Aérea Americana, já aposentado, recebe o chamado às pressas para consertar o dano. Ele é a única pessoa com experiência para resolver a missão, mas impõe uma condição: levar consigo mais três amigos como parte da tripulação. A equipe, que já tinha sido rejeitada pela NASA nos anos 1950, agora tem a chance de conquistar a última fronteira. O longa foi dirigido e protagonizado por Clint Eastwood.

    Divulgação
  • ”Passageiros”

    Disponível no Paramount+

    No universo deste filme, as viagens ao espaço já são rotina – quem sabe depois que os bilionários popularizarem o turismo espacial, não é mesmo? Dois passageiros acordam 90 anos antes do tempo programado para a sua viagem por causa do mau funcionamento das cabines. Sozinhos enquanto todos os outros passageiros seguem dormindo, Jim e Aurora se conhecem e começam a estreitar o relacionamento, mas a paz da viagem é ameaçada quando eles descobrem que a nave está correndo sério risco e eles são os únicos capazes de salvar os mais de 5.000 colegas a bordo, em sono profundo.

    Divulgação
  • ”Mercury 13 – O Espaço Delas”

    Disponível na Netflix

    O documentário se passa na mesma época em que “Estrelas Além do Tempo”, quando 13 mulheres foram esnobadas no teste que decidiu quais astronautas iriam ao espaço. Apesar de terem resultados até melhores nas provas, as mulheres foram desclassificadas do processo seletivo por causa do gênero. Sete homens foram selecionados para o projeto chamado “Homens no Espaço”, os primeiros a deixarem o planeta Terra no projeto Mercury.

    Reprodução/Netflix

”Apollo 13 – Do Desastre ao Triunfo”

Disponível no HBO Max, Telecine Play, Netflix e Now

Com um elenco de peso, que inclui Tom Hanks e Kevin Bacon, o filme retrata a missão Apollo 13, realizada em 1970 pela NASA, quando a agência enviou um novo time de astronautas para a Lua após a bem-sucedida missão Apollo 11, no ano anterior. Uma vez no espaço, um tanque de oxigênio explodiu, impossibilitando três astronautas de seguirem a rota, por risco de falta de ar e energia suficientes para retornar em segurança para a Terra. Para evitar o pior, a equipe a bordo e os técnicos em terra precisam lutar contra o tempo para consertar a nave.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).