Trailer de “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” quebra recordes de visualizações nas redes sociais

Teaser foi visto por mais de 355,5 milhões de pessoas em todo o mundo, batendo o desempenho anterior de “Os Vingadores: Ultimato", de 289 milhões .

Kimberlee Speakman
Compartilhe esta publicação:
Divulgação/Sony Pictures
Divulgação/Sony Pictures

Sony Pictures planeja lançar o “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” exclusivamente nos cinemas em 17 de dezembro

Acessibilidade


O teaser do trailer de “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” quebrou o recorde de mais visualizações globais em 24 horas, disse a Sony Pictures à Forbes, e gerou 4,5 milhões de menções nas mídias sociais no mesmo período, posicionando o filme para potencialmente estabelecer novos recordes após seu lançamento durante um ano de bilheteria sem brilho causado pela pandemia.

Nas primeiras 24 horas de seu lançamento, “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” atraiu 355,5 milhões de visualizações em todo o mundo, batendo o recorde anterior do trailer de “Os Vingadores: Ultimato”, que acumulou 289 milhões quando estreou em 2018, de acordo com a Sony Pictures.

LEIA TAMBÉM: Cobertura londrina que pertenceu ao ator Hugh Grant está à venda por US$ 12,3 milhões

O trailer do filme também quebrou recordes em plataformas de mídia social como Twitter, obtendo 2,91 milhões de menções nos Estados Unidos durante o período de 24 horas após o lançamento, superando o trailer de “Os Vingadores: Ultimato”, que gerou 1,94 milhão de menções, e o teaser do trailer de “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”, que teve 1,96 milhão de menções.

A Sony Pictures planeja lançar o filme exclusivamente nos cinemas em 17 de dezembro, sem planos de compartilhar o lançamento com serviços de streaming.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Sony Pictures atrasou o lançamento do filme “Venom: Tempo de Carnificina” nos cinemas devido ao aumento de casos de Covid-19 nos EUA causados ​​pela variante delta altamente transmissível. A estreia estava programada para junho, mas foi adiada para 24 de setembro e 15 de outubro. O filme pode ser adiado para 2022.

A companhia também mudou o lançamento do filme mais recente de sua popular franquia “Hotel Transilvânia” para transmitir exclusivamente no Amazon Prime em um negócio de US$ 100 milhões. A Disney alterou o lançamento do filme da Marvel “Viúva Negra” quando os casos da Covid-19 começaram a aumentar em julho, permitindo que o público o assistisse tanto nos cinemas quanto em seu serviço de streaming Disney Plus, o que acabou levando a um processo judicial pela estrela do filme Scarlett Johansson. No entanto, o filme arrecadou US$ 264 milhões em todo o mundo nas bilheterias.

As cadeias de cinema também continuam a ter perdas, com a Cinemark registrando uma perda de receita de US$ 208,8 milhões no primeiro trimestre de 2021, de acordo com o “The Wrap”, e a AMC registrando um prejuízo líquido de US$ 567 milhões durante o mesmo trimestre. Os cinemas tiveram um pouco de recuperação no segundo trimestre, com cinemas como a AMC apresentando números melhores do que o esperado, mas o CEO da empresa, Adam Aron, observou que “a jornada da AMC nesta pandemia não terminou e ainda não saímos da fase crítica”.

VEJA MAIS: 12 hotéis espetaculares em países que já abriram suas fronteiras para turistas brasileiros

“Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” é um dos filmes mais esperados do ano, trazendo o conceito de “multiverso” para conectar todas as três iterações de filme do Homem-Aranha até agora. Atores que já atuaram no papel do Homem-Aranha, Tobey Maguire e Andrew Garfield, devem aparecer no filme. O trailer também deu ao público o primeiro contato com o vilão Dr. Octopus de Alfred Molina, além de dicas sutis de que outros vilões de franquias anteriores, como Duende verde de Willem Dafoe e Electro de Jamie Foxx, também aparecerão.

 

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: