Dia do Sexo: conheça os 6 vibradores mais caros do mundo

Feitos com ouro, metais nobres e pedras preciosas, estes brinquedos eróticos são verdadeiras joias extravagantes.

Giovanna Simonetti
Compartilhe esta publicação:
Lelo/Divulgação
Lelo/Divulgação

Feitos com ouro, metais nobres e pedras preciosos, estes vibradores são verdadeiras joias extravagantes

Acessibilidade


O mercado de brinquedos e produtos eróticos tem experimentado um crescimento impressionante nos últimos tempos. No ano passado, o número de empresas brasileiras do setor triplicou em comparação a 2019, com 76% delas tendo registrado aumento nas vendas – e até dificuldade de suprir a demanda -, segundo uma pesquisa divulgada pelo Portal Mercado Erótico. 

Nos sex shops, os vibradores continuam sendo os preferidos dos consumidores (especialmente mulheres, 65% do público total): entre março e maio de 2020, os dois primeiros meses da quarentena no Brasil, mais de um milhão de unidades dessa categoria foram vendidos no país – um aumento de 50% em relação ao mesmo período do ano anterior.

VEJA TAMBÉM: Mercado bilionário: conheça 4 mulheres que lideram marcas promissoras de sexual wellness no Brasil

De diversos formatos, tamanhos, cores, tecnologias e preços, os vibradores têm se popularizado com o debate de sexo como bem-estar e autocuidado – e se tornaram mais acessíveis graças à internet, que garante uma compra rápida, fácil e discreta. Mas existe um lado do mercado erótico que é para poucos: o de luxo. Feitos com materiais preciosos, como ouro e pedras, esses produtos ultrapassam os cinco dígitos (spoiler: alguns deles podem até chegar ao sétimo).

No Dia do Sexo, comemorado hoje (6), a Forbes selecionou os 6 vibradores mais caros do mundo. Confira na galeria de fotos a seguir: 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
  • 6. Jimmyjane Little Platinum Eternity

    Preço: £ 1.750 (cerca de R$ 12.500)

    Compacto e discreto, este vibrador de 13 centímetros é feito de platina e incrustado com 28 diamantes do tipo VS1, totalizando 0,66 ct. Ele promete ser um dos mais silenciosos (mas potentes) disponíveis no mercado, com um motor único patenteado. Além disso, é à prova d’água e resistente a variações de temperatura – segundo a marca, pode até ser esquentado na água ou resfriado na geladeira para promover diferentes sensações. Também tem uma versão dourada, feita de ouro 24 quilates, por R$ 11.800.

    Divulgação
  • 5. Olga, Lelo

    Preço: R$ 19.179

    Prazer digno de uma rainha. É assim que a Lelo, uma das marcas eróticas mais luxuosas do mundo, descreve seu modelo Olga. Vencedor de prêmios internacionais por seu design, o vibrador é feito com ouro 24 quilates e tem duas extremidades de formatos diferentes: uma ponta curva para a estimulação do ponto G e outra plana para o clitóris. Com 19 centímetros, é a prova d’água e, por ser de metal, também pode ser submetido ao calor e ao frio para experiências distintas. Produzido manualmente sob demanda, o item demora 30 dias para ficar pronto.

    Divulgação
  • 4. Inez, Lelo

    Preço: R$ 83.179

    Modelo mais caro da Lelo, o Inez é descrito como o “massageador mais exclusivo do mundo”. Com oito modos de vibração e pulsação para estimular o ponto G, ele é feito artesanalmente de aço inoxidável ou banhado a ouro de 24 quilates. Celebridades como Gwyneth Paltrow e Beyoncé (existem boatos de que Jay-Z teria presenteado a esposa com um desses alguns anos atrás) são algumas das adeptas do modelo . Assim como Olga, também é preciso esperar 30 dias para sua confecção e, para quem não está a fim de gastar o preço de um carro SUV, a versão de aço é metade do preço: R$ 43.679 – o valor médio de um carro popular 0 km hoje no Brasil.

    Divulgação
  • 3. Nell Pleasure Seed, Coco de Mer

    Preço: £ 12.000 (mais de R$ 85.500)

    Inspirado no formato da semente coco-do-mar (alguns também diriam que se parece com um biscoito da sorte), este vibrador da marca de lingerie de luxo Coco de Mer é revestido por uma placa de ouro de 18 quilates. Com duas pontas, ele conta com cinco padrões de vibração em níveis personalizáveis ​​de intensidade, destinado especialmente para estimulação clitoriana – mas que também serve para outras zonas erógenas do corpo. O item vem em um caixa de madeira artesanal com detalhes em ouro, junto a uma chave dourada – para que este tesouro erótico fique bem guardado.

    Divulgação
  • 2. Jin’long, Colin Burn

    Preço: US$ 690 mil (mais de R$ 3,35 milhões)

    O artista e joalheiro australiano Colin Burn se descreve como “provocativo”. Prova disso são suas aventuras no universo erótico, com a criação da coleção dos vibradores mais exclusivos que qualquer um pode encontrar. Uma de suas peças mais caras é o Jin’long, um totem que mistura o formato fálico com um totem de dragão chinês dourado, banhado de ouro 24 quilates e diamantes. Uma flor de lótus no topo é a cereja do bolo, feita de ouro branco 18 quilates e um solitário de 3,8 ct.

    Divulgação
  • 1. Pearl Royale, Colin Burn

    Preço: US$ 1,8 milhão (aproximadamente R$ 9,3 milhões)

    Como será o prazer que um vibrador de quase US$ 2 milhões pode proporcionar? Só três pessoas poderiam responder à pergunta, já que este é o número de unidades dessa extravagância que existem no mundo inteiro. O mais caro e luxuoso dildo já criado é confeccionado artesanalmente de platina pura, com dois motores montados à mão e mais de 2.000 diamantes brancos e rosas raros (totalizando 70 quilates da pedra preciosa), safiras azuis royal e pérolas do Mar do Sul. Uma verdadeira (e raríssima) obra de joalheria.

    Divulgação

6. Jimmyjane Little Platinum Eternity

Preço: £ 1.750 (cerca de R$ 12.500)

Compacto e discreto, este vibrador de 13 centímetros é feito de platina e incrustado com 28 diamantes do tipo VS1, totalizando 0,66 ct. Ele promete ser um dos mais silenciosos (mas potentes) disponíveis no mercado, com um motor único patenteado. Além disso, é à prova d’água e resistente a variações de temperatura – segundo a marca, pode até ser esquentado na água ou resfriado na geladeira para promover diferentes sensações. Também tem uma versão dourada, feita de ouro 24 quilates, por R$ 11.800.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: