Vintage Culture investe em marcas de vodca e gin russas

Drake.Films
Drake.Films

Parte da edição 2017 do Under 30 da Forbes, não é a primeira vez que o DJ Vintage Culture explora sua veia empreendedora

Em uma renomada fábrica chamada Veresk, na região de Kashin, na Rússia, o brasileiro Jow Sendeski coordena a produção da Vodka Ministry e do Gin Mozaiki. Merecedoras de medalhas por suas capacidades de harmonização e pelos designs das garrafas, as marcas de destilados se destacam no mercado premium mundial, e vem chamando a atenção de um número cada vez maior de consumidores. Um deles é o Vintage Culture, nome artístico do DJ e empresário Lukas Ruiz, de 28 anos, que se sentiu tão atraído pelas marcas que acabou se tornando sócio.

“A pandemia foi momento de explorar novos horizontes e investir em outros meios, sair da zona de conforto. Ser sócio, hoje, de uma marca de vodca e de gin é uma empreitada nova na minha vida da qual estou muito feliz por fazer parte”, diz Ruiz, que já era consumidor das bebidas. Sua entrada no negócio significa proporcionar um momento de novas visões e estratégias, capazes de unir ainda mais o mercado de destilados ao de música eletrônica. A participação do DJ envolve desde ações de marketing e posicionamento das marcas até decisões importantes para o futuro que o grupo deve seguir.

LEIA MAIS: 10 produtores de uvas de Brasília estão construindo uma vinícola para levar novos aromas à capital

Parte da edição 2017 do Under 30 da Forbes, não é a primeira vez que o DJ explora sua veia empreendedora: ele já investiu na marca Só Track Boa, que inclui arte, vestuário, festivais e gravadora, e virou parceiro da empresa de vestuário Approve, que lançará, ainda em 2021, alguns produtos exclusivos com sua assinatura.

No campo dos destilados, Ruiz espera aprender mais sobre negócios. Jow Sendeski, CEO da Vodka Ministry e do Gin Mozaiki, também está otimista sobre a novidade. “Ter como sócio alguém como Vintage Culture faz com que o nosso posicionamento em relação ao cenário eletrônico musical seja reforçado. As marcas sempre estiveram atreladas à música e essa nova sociedade afirma essa necessidade”, revela. “Essa união significa um novo futuro para as marcas, pensando em um cenário de reconhecimento internacional.”

Até o momento, o principal acontecimento na história da empresa foi a competição internacional SIP Awards. Na edição de 2019, foram 93 categorias e mais de 900 marcas de bebida. A Ministry recebeu a medalha de platina na categoria Tasting, que avalia a qualidade, aroma, sabor e finalização da bebida, e o bronze na categoria Bottle Design, que analisa a harmonização, design e configuração da garrafa.

Tanto a vodca quanto o gin carregam a tradição russa em suas identidades. A Ministry é elaborada a partir de grãos orgânicos e técnicas avançadas de produção, sem perder o legado do uso das placas de prata, que auxiliam em sua purificação. Já o Gin Mozaiki, formulado por meio de um método londrino, conta com seis botânicos em sua produção. O resultado é uma bebida premium com leveza e versatilidade.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).