12 destinos que são verdadeiras joias escondidas na Europa

O European Best Destinations revelou quais lugares são os mais incríveis e longe do turismo de massa no Velho Continente

Cecilia Rodriguez
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

A cidade de Batumi, na Geórgia, foi considerado um dos melhores destinos “escondidos” da Europa

Acessibilidade


Com aldeias pitorescas, belas cidades montanhosas, resorts à beira-mar e aldeias medievais entre vinhas e lagos, a Europa está repleta de destinos “secretos” longe das multidões.

O European Best Destinations (EBD) divulgou sua lista de 2022 das “Melhores Joias Escondidas da Europa” para atrair viajantes em busca de experiências únicas, livres do turismo de massa e ideais para se reconectar com a natureza.

Leia mais: As 22 praias mais bonitas da Europa para aproveitar neste verão

“Incríveis cidadezinhas na Espanha, as ilhas do Algarve em Portugal, vilas medievais secretas na Itália e lindas praias na Geórgia” estão entre as recomendações da organização, que faz parte da Rede EDEN da Comissão Europeia (“Destinos Europeus de Excelência”) para promover o turismo sustentável no continente.

Confira a seguir os 12 dos principais destinos secretos da Europa na lista do EBD.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

1. Batumi, região de Adjara, Geórgia

EBD

Este lindo destino conhecido como a “pérola do Mar Negro” e premiado pelo World Travel Awards como “o melhor destino de turismo emergente da Europa” chegou ao topo das Melhores Joias Escondidas da Europa.

Localizada na costa da região de Ajara, na Geórgia, Batumi tem mais de 2.000 anos de história e está na encruzilhada da Europa e da Ásia. A cidade vibrante te convida a experimentar o contraste entre locais antigos e estilos de vida modernos.

Devido ao seu clima subtropical e ameno durante todo o ano, Batumi pode ser visitada em qualquer estação do ano. Seus parques nacionais foram recentemente reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Natural Mundial.

Na antiga Batumi, as ruas principais levam ao porto – daí sua fama de cidade que olha para o mar. “Adoramos passear pelas ruas históricas do centro antigo da cidade, caminhar, andar de bicicleta ou fazer caminhadas nas montanhas de Adjara, visitar um dos mais belos jardins botânicos da Europa, descansar na praia de Batumi ou ser mimado em um hotel de bem-estar de frente para o mar”, escreve o EBD.

Rica em história, patrimônio, museus únicos no mundo e entre as arquiteturas mais ousadas da Europa, Batumi também é destino de amantes da gastronomia e do vinho.

Leia mais: Os 5 melhores países da Europa para se aposentar em 2022

A cidade é um destino perfeito no verão, combinando city-break e praia, bem-estar e compras. O outono envolve seus parques e a região de Adjara com cores extravagantes, tornando-a provavelmente a melhor época do ano para combinar férias na cidade e refúgio na natureza a dois ou com a família ou amigos.

Com novos hotéis da moda abrindo todos os dias, restaurantes fusion, bares no topo de prédios extraordinários, lojas independentes, designers, estilistas e uma vida noturna excepcional, Batumi é muito mais do que uma das melhores joias escondidas da Europa: se destaca como uma dos melhores férias urbanas na Europa.

2. Torrevieja, Alicante, Espanha

EBD

Torrevieja (“Torre Velha”, em espanhol) é uma cidade à beira-mar no sul de Valência, na costa mediterrânea da Espanha.

Está localizada entre duas lagoas de sal, a Laguna Salada de Torrevieja e a Laguna de La Mata, excelentes destinos para observadores de pássaros, ciclistas e amantes da natureza. As reservas protegidas são separadas por uma faixa de terra e são habitat para muitas espécies e mais de 100 aves, incluindo flamingos.

“A ‘Laguna Salada de Torrevieja’ é um lago cor-de-rosa que vai explodir sua conta do Instagram e deixar lembranças para a vida toda”, diz o EBD. Localizado no Parque Natural das Lagunas de la Mata y Torrevieja, além de uma cor excepcional, diz-se que este lago tem propriedades terapêuticas – especialmente para o reumatismo – graças aos componentes curativos de suas águas salgadas.

Torrevieja também tem quilômetros de praias sublimes, um pitoresco calçadão à beira-mar, parques aquáticos e modernos centros esportivos.

3. Pietrapertosa, região da Basilicata, Itália

EBD

Pietrapertosa é uma vila no sul da Itália, situada em uma área montanhosa dentro do parque regional de Gallipoli Cognato Piccole Dolomiti Lucane.

Seu primeiro nome era “Lucânia”, derivado de Leukos, e significa “madeira sagrada” – em consonância com a identidade desta região entre o calcanhar e a ponta da bota da Itália, mais conhecida pela cidade de pedras de Matera.

Não perca uma parada em “Castelmezzano”, outra vila considerada uma das melhores joias escondidas da Itália. Ambas parecem terem sido esculpidas na rocha.

Com suas ruas estreitas e casas medievais ao pé do castelo, esta é uma das mais belas aldeias medievais da Itália. Suba ao topo do castelo e desfrute de vistas deslumbrantes e de uma experiência única em uma das tirolesas mais rápidas da Europa.

Leia mais: Os 10 lugares mais lindos do mundo, segundo a ciência

4. Rio Marina, Ilha de Elba, Toscana, Itália

EBD

Rio Marina é uma das joias mais escondidas da Toscana, um destino de beleza rara, entre o mar e as montanhas.

Capital de mineração da ilha, já não atrai garimpeiros, mas sim turistas que procuram praias de areia fina e dourada, águas cristalinas, enseadas escondidas e praias secretas como Cala delle Alghe ou Spiaggia Luisi d’Angelo. Oito balsas por dia ligam Piombino (continente) a Covo (Ilha de Elba), localizada a 10 minutos de carro de Rio Marina.

Elba é a maior ilha do arquipélago toscano e a terceira maior da Itália, depois da Sardenha e da Sicília. Juntamente com outras oito ilhas, incluindo Giglio, Giannutri e Montecristo, faz parte do Parque Nacional do Arquipélago Toscano, o maior parque marinho da Europa.

5. Ilha de Losinj, Primorje-Gorski, condado de Kotar, Croácia

EBD

Localizado a 10 minutos de carro da sublime cidade de Mali Losinj, Veli Losinj é “um destino secreto que fará você se apaixonar pela Croácia”, segundo o EBD.

Paisagens naturais, águas azuis cristalinas, praias extraordinárias, sol e boa comida fizeram do país um dos mais em alta nos últimos anos.

Veli Losinj foi um importante porto de pesca até o início do século 20. Ao longo dos anos, foi se transformando para receber turistas. Localizada no sopé da montanha Kalvarija e de frente para o Mediterrâneo, é uma das mais belas ilhas da Croácia.

6. Calella de Palafrugell, Catalunha, Espanha

EBD

Calella de Palafrugell é um destino perfeito para fugir da cidade e desfrutar da ociosidade de uma autêntica antiga vila de pescadores.

Com suas várias enseadas rochosas, praias de areia, excelentes restaurantes de peixe, edifícios caiados de branco à beira-mar e barcos de pesca na costa, a cidade é uma vitrine de “low key” como um estilo de vida. Com sua arquitetura intacta, é uma das mais belas vilas da Costa Brava.

Leia mais: Os 15 vinhedos mais lindos do mundo, segundo o Instagram

7. Bauduen, Provence-Alpes-Cote-d’Azur, França

EBD

Poucas pessoas conhecem este pequeno paraíso a 90 minutos de Nice. Perfeito para explorar o cânion Gorges du Verdon, Bauduen também é um local de férias privilegiado no coração da natureza.

Esta vila tradicional, uma das mais bonitas da França, atrai famílias que aproveitam as atividades oferecidas pelo centro náutico, apreciam o céu estrelado no observatório astronômico ou visitam o museu infantil “Arte em Brinquedos”. Os poucos restaurantes e brasseries de Bauduen oferecem cozinha simples e saborosa a preços acessíveis em comparação com alguns restaurantes da Côte d’Azur.

8. Moraira, Alicante, Costa Blanca, Espanha

EBD

Moraira é o tipo de pequena estância à beira-mar dos sonhos para férias praianas. Longe das multidões e dos edifícios genéricos, ela oferece um ótimo descanso sob o sol da costa espanhola.

Com suas falésias, pinheiros e vilas sublimes, Moraira lembra Capri, na Itália, e é uma das aldeias mais bonitas da Costa Blanca, na bela ponta nordeste da região. Tem lindas praias e um clima temperado que nunca é muito quente, mesmo no calor do verão.

A cidade passou de uma pequena vila de pescadores para um resort de férias e aposentadoria, com uma marina impressionante, uma variedade de lojas, mercados, restaurantes e bares de peixe ao lado do porto – e ainda conseguiu preservar seu caráter espanhol.

9. Thun, Cantão de Berna, Suíça

EBD

Thun é uma cidade à beira do Lago Thun na região de Bernese Oberland, na Suíça.

O castelo de Thun, que remonta a 1100, fica em uma colina acima da cidade velha e tem vistas deslumbrantes dos Alpes.

Popular entre os habitantes de Berna, que vêm passar fins de semana relaxantes não muito longe da capital suíça, é uma das joias mais bem escondidas do país, com Spiez a uma curta distância de carro.

Para caminhadas ou passeios de bicicleta à beira do lago, atividades aquáticas e de inverno ou para uma visita repleta de gastronomia e bem-estar, Thun é um destino feito para os amantes da natureza e dos amplos espaços abertos.

Leia mais: Como ter casa na Europa? Imóveis de € 1 e visto de nômades digitais são opções

10. Port Grimaud, Provence-Alpes-Côte-d’Azur, França

EBD

A cidade de Grimaud, na Riviera Francesa, é perfeita para os amantes de pedras antigas, ruas íngremes e aldeias típicas provençais, enquanto Port Grimaud atrairá os amantes de várias embarcações, incluindo veleiros e iates.

Uma vila e comuna na região de Provence-Alpes-Côte d’Azur, no sudeste da França, tem ligações históricas à família Grimaldi de Mônaco.

A famosa cidade costeira de Port Grimaud, um porto colorido, apelidada de “A Pequena Veneza da Provença” e endossada como Patrimônio do Século 20, existe há apenas 50 anos e é muito amada por seu estilo de vida descontraído. O EBD recomenda que os visitantes “passem pelos canais, façam um passeio de barco ou contem as diferentes cores nas fachadas da paisagem”.

11. Quedlinburg, Saxônia Anhalt, Alemanha

EBD

Quedlinburg é uma típica cidade alemã de casas em estilo enxaimel e ruas medievais. Seus belos passeios incluem visitas ao seu castelo e à igreja que abriga o túmulo de um rei alemão do século 10, além de caminhadas pelas vastas florestas que os cercam.

Listada como Patrimônio Mundial da Unesco, foi uma cidade poderosa e rica na Idade Média e também é uma das mais belas cidades medievais da Europa.

Durante a estadia por lá, não deixe de visitar Erfurt, uma das joias mais bem escondidas da Alemanha, que no inverno abriga um lindo mercado de Natal.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

12. Ilha Sainte Marguerite, Ilhas Lerin, Alpes Marítimos, França

EBD

A Île Sainte-Marguerite é a maior das Ilhas Lérins, a cerca de 800 metros da costa da cidade de Cannes, na Riviera Francesa. Limpa, calma, sem carros e cercada por águas cristalinas, ela é descrita como um destino de beleza serena.

Uma mistura de maresia, eucaliptos e pinheiros marítimos, a ilha é um destino ideal para descansar, nadar, caminhar, andar de bicicleta ou simplesmente desfrutar de belas praias naturais e selvagens.

Muitos cruzeiros partem diariamente do porto de Cannes, mas também do porto de “Golfe-Juan” e “Juan-les-Pins” em direção à Ilha de Sainte Marguerite.

Dois restaurantes, abertos de abril a outubro, são especializados em comidas típicas locais. “Um destino único para férias excepcionais num ambiente 100% natural, sozinho, em casal ou em família”, segundo o EBD.

Compartilhe esta publicação: