O que fazer em Londres: um dia na capital britânica

Do café da manhã ao jantar, veja dicas de como e onde aproveitar 24 horas na cidade

Arthur Caldeira
Compartilhe esta publicação:

Tower Bridge, um dos maiores cartões postais de Londres

Acessibilidade


As celebrações do Jubileu de Platina da Rainha acontecem em junho – mas sempre sobram motivos para passear pela capital britânica. A partir de fevereiro, o British Museum revela os segredos de Stonehenge; e o musical ‘Dear Evan Hansen’ faz temporada no Noël Coward Theatre.

LEIA MAIS: 10 melhores experiências de viagem pelo mundo para 2022

08:00 – Café no mercado

Monmouth Coffe

O Monmouth, de Borough Market, é um bom lugar para uma xícara de café antes de explorar a cidade. Se o clima ajudar, aproveite o sol da manhã nos bancos externos para apreciar o vaivém dos comerciantes, abrindo suas bancas. O mercado existe há mais de 800 anos. Caminhe em direção à Southwark Cathedral, às margens do emblemático rio Tâmisa. @monmouthcoffee.

10:00 – Da perspectiva do Tâmisa

Tower Bridge

A menos de 1 quilômetro a leste, pela margem do rio, fica a icônica Tower Bridge, concluída em 1894, que se ergue cerca de 800 vezes por ano. Já a Tower of London, do século 11, guarda as joias da realeza inglesa. Navegar pelo rio rumo a Westminster descortina belas perspectivas de postais como: St. Paul’s Cathedral, Shakespeare’s Globe, Tate Modern, London Eye, além do Palácio e da Ponte Westminster. @towerbridge.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

12:00 – Fish & Chips histórico

Rock & Sole Plaice

A partir do Píer de Waterloo, aos pés da London Eye, atravesse a Westminster Bridge para suspirar diante do Big Ben e ver os minutos passarem sem pressa. Vale a caminhada até Trafalgar Square, passando pela Downing Street nº 10. Mate a fome em grande estilo, em Covent Garden, no Rock & Sole Plaice, fundado em 1871: o melhor Fish & Chips de Londres, unanimidade entre turistas e locais. Impossível resistir às compras nas lojas da vizinhança. @rockandsoleplaice.

14:00 – Os Segredos de Stonehenge

British Museum

Pertinho de Covent Garden fica o British Museum. Vague pelo Pátio Central, com seu impressionante dossel de vidro. A partir de fevereiro, a exposição The World of Stonehenge revela os segredos do círculo de pedra mais famoso e inspirador do mundo. Aproveite para admirar clássicos como as múmias egípcias, as esculturas do Partenon romano e outros tesouros mundiais. @britishmuseum.

17:00 – 68 Páginas de uísque

Swift

Um dos locais favoritos para um drink no Soho, o Swift tem um elegante bar à luz de velas no segundo andar, ideal para quem procura um coquetel antes do teatro. Ainda há outro bar no andar de baixo, apenas para reservas, que oferece mais de 250 uísques (de 13 países; o cardápio tem 68 páginas) em convidativos sofás art-deco. Fãs de blues e jazz ao vivo também vão se dar bem por aqui, nas sextas e sábados, a partir das 21h.

19:00 – Terra do teatro

West End

Conhecido como Theatreland, o bairro de West End abriga dezenas de peças, musicais e shows durante do ano. Se você aprecia musicais, aproveite para ver “Dear Evan Hansen”, dos escritores de “La La Land” e premiado na Broadway, que fará temporada no Noël Coward Theatre. Prefere um drama? Então anote: “The Ocean at the End of the Lane”, baseado no livro de Neil Gaiman. Está em cartaz até abril no Duke of York’s Theatre. @westendlive

21:00 – Os melhores cortes

Cut, 45 Park Lane

Instalado em um prédio de inspiração art déco, o 45 Park Lane oferece belos visuais do Hyde Park de suas 11 suítes. O destaque fica com a penthouse que ocupa todo o rooftop e tem elevador privativo. Além das paredes decoradas com obras de Damien Hirst, outro ponto alto é o restaurante CUT, que remete ao CUT original de Beverly Hills, do chef austríaco Wolfgang Puck, conhecido por servir os melhores cortes de carne de Londres. @45parklane.

Localização Londres

Reportagem publicada na edição 94, lançada em fevereiro de 2022.

Compartilhe esta publicação: