Scout, jipe rústico dos anos 1960, voltará como marca de elétricos da Volkswagen nos EUA

Com produção de picape e SUV programada para 2026, marca alemã quer 10% do mercado estadunidense.

Rodrigo Mora
Compartilhe esta publicação:
(Divulgação)
(Divulgação)

Picape e SUV da Scout chegam em 2026

Acessibilidade


A Volkswagen anunciou na última quarta-feira (11) que lançará, exclusivamente para os EUA, um SUV e uma picape elétricos. No entanto, eles não terão o logotipo da fabricante alemã, e sim o da grife Scout, outrora um jipe rústico produzido pela International Harvester entre 1961 e 1980.

Desenhados, desenvolvidos e fabricados nos EUA – mercado do qual a empresa alemã quer 10% –, terão os primeiros protótipos revelados no próximo ano, enquanto o início da produção está programado para 2026, segundo a VW. Ainda de acordo com a empresa, a marca Scout terá sua própria plataforma elétrica.

Leia mais: Bentley apresenta versão limusine do Bentayga

“A empresa que vamos estabelecer este ano será uma unidade e marca separada dentro do Grupo Volkswagen a ser gerida de forma independente. Isso se alinha ao novo modelo de direção do Grupo – pequenas unidades que atuam com agilidade e têm acesso às nossas plataformas de tecnologia para alavancar sinergias”, detalha Arno Antlitz, CFO da Volkswagen.

Para Herbert Diess, CEO da Volkswagen, “após a reviravolta bem-sucedida da Volkswagen nos EUA, agora estamos aproveitando a oportunidade para fortalecer ainda mais nossa posição em um dos mercados de crescimento mais significativos para veículos elétricos. A eletrificação oferece uma oportunidade histórica de entrar no segmento altamente atraente de pick-up e SUV, ressaltando nossa ambição de nos tornarmos um player relevante no mercado dos EUA”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: