Tiara de casamento da princesa Diana será exposta pela 1ª vez em 50 anos

Joia fará parte de uma exposição em comemoração ao 70º aniversário de reinado da rainha Elizabeth

Carlie Porterfield
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Princesa Diana com a tiara em seu casamento em 29 de julho de 1981

Acessibilidade


A tiara usada pela falecida princesa Diana no dia de seu casamento será exibida em Londres pela primeira vez desde a década de 1960. Ela fará parte de uma exposição histórica de tiaras aristocráticas para celebrar o Jubileu de Platina da rainha Elizabeth, que marca seu 70º aniversário no trono britânico.

A tiara Spencer, que Diana usou para seu casamento com o príncipe Charles em julho de 1981, estará em exibição no showroom da Sotheby’s em Londres de 28 de maio a 15 de junho, ao lado de uma coleção de outras tiaras reais, incluindo peças usadas pela rainha Vitória e Joséphine Bonaparte.

Leia mais: Guarda-roupa real: o estilo de moda único da rainha Elizabeth

Diana, que veio de uma longa linhagem de aristocratas britânicos, optou por usar uma peça de sua própria família em vez de emprestar uma da rainha para seu casamento na Catedral de St. Paul, em Londres, exibido pela televisão para um público estimado de 750 milhões de pessoas.

Ela usava a tiara Spencer, que se acredita ter sido criada inicialmente em 1767 e foi passada dentro da família durante séculos (e usada por muitas das parentes femininas de Diana em seus próprios casamentos) antes de ser montada na década de 1930 pela joalheria Garrad no design atual.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Getty Images

A tiara em estilo guirlanda tem uma estrutura em forma de coração no centro, ladeado por estrelas e flores, todos cravejados de diamantes. Além do dia do seu casamento, Diana usou a peça durante funções estatais na década de 1980, inclusive em suas turnês reais na Austrália e Índia.

Hoje, o irmão de Diana, Charles, tem a custódia da tiara. A última vez que ela foi usada foi pela sobrinha da princesa, Celia McCorquodale, em seu casamento em 2018.

As tiaras reais estão à mostra na Sotheby’s como parte de uma exposição mais ampla para celebrar o 70º aniversário da coroação de Elizabeth. A casa de leilões também exibirá vários retratos reais raros que permanecem em coleções particulares e raramente estão disponíveis para serem vistos pelo público, incluindo um retrato pop-art de Elizabeth feito por Andy Warhol e um dos icônicos retratos da Armada da rainha Elizabeth 1ª.

Diana está entre as figuras mais populares da história britânica, apesar de seu divórcio complicado de Charles em 1996 e sua trágica morte em um acidente de carro em Paris no ano seguinte. Em 2002, ela foi nomeada pelos eleitores em uma pesquisa da BBC como a terceira maior britânica de todos os tempos, atrás apenas do primeiro-ministro Winston Churchill – um primo distante de Diana, do lado Spencer – e Isambard Kingdom Brunel, um engenheiro que interpretou um papel fundamental na revolução industrial do país.

Diana derrotou outras figuras britânicas famosas como Charles Darwin, William Shakespeare, Isaac Newton e Elizabeth 1ª. Uma estátua da princesa foi inaugurada no ano passado em sua antiga casa, o Palácio de Kensington, no que teria sido seu 60º aniversário. Também em 2021, seu vestido de noiva foi exposto no museu do Palácio de Kensington.

Compartilhe esta publicação: