Lyannes, de Londres, é eleito o melhor bar do mundo

Conheça os ganhadores da principal premiação para bebidas destiladas

Karla Alindahao
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

O barman Ryan Chetiyawardana chefia o Lyaness, eleito o melhor bar do mundo pelo Spirited Awards

Acessibilidade


O Lyaness, bar de Londres, foi o grande vencedor na 16ª edição anual do Spirited Awards no Tales of the Cocktail em Nova Orleans. O barman Ryan Chetiyawardana — um queridinho de longa data do circuito de prêmios mundiais de hospitalidade — superou Fifty Mils, Charles H. Seoul e o American Bar do hotel The Stafford, já que seu famoso templo de coquetéis foi nomeado o “Melhor Bar do Mundo” em 2022.

Lyaness também foi homenageado como o “Melhor Bar de Hotel Internacional” e Chetiyawardana recebeu outro prêmio com sua filial em Washington D.C., o bar Silver Lyan (premiado como “Melhor Novo Bar de Coquetéis Americanos” em 2020), que foi reconhecido como o “Melhor Bar de Hotel dos EUA” de 2022.

Leia mais: Quanto custam as passagens mais luxuosas para o exterior

“Tivemos muita sorte com os prêmios ao longo dos anos – e eles cobriram tudo, desde nossas equipes, design, menus até espaços”, disse Chetiyawardana (também conhecido como “Sr. Lyan”). “Mas também houve muitas mudanças. Fechamos o Dandelyan para abrir o caminho para Lyaness – e para testar um novo lado do mundo da comida e bebida que achávamos superimportante e, na verdade, prestar homenagem ao sucesso que tivemos com o bar.”

Outro bar de inspiração felina — o Katana Kitten criado por Masahiro Urushido em Manhattan — foi homenageado como o “Melhor Bar de Cockatils dos EUA” (superando o Bar Goto de Nova York, o The Roosevelt Room em Austin e o Thunderbolt em Los Angeles). Urushido também levou para casa prêmios em duas outras categorias principais: “Melhor Equipe de Bar dos EUA” e “Melhor livro sobre coquetéis ou bartending” por seu livro lançado em 2021, “The Japanese Art of the Cocktail”.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Masahiro Urushido, premiado barman do Katana Kitten

Urushido e Chetiyawardana não foram os únicos a levar para casa vários elogios. O A Bar With Shapes for a Name de Londres foi homenageado como o “Melhor Novo Bar Internacional de Coquetéis” deste ano – e seu fundador, Remy Savage, foi celebrado como “Bartender Internacional do Ano”. Localmente, a amada Jewel of the South de Nova Orleans foi nomeada “Melhor Bar de Restaurante dos EUA” e o fundador Chris Hannah ganhou o “Bartender do Ano dos EUA”. O Maybe Sammy da Austrália, um eterno favorito de prêmios, ganhou o prêmio de “Melhor Equipe Internacional de Bar” e seu diretor criativo, Martin Hudak, ganhou o prêmio de “Melhor Embaixador Internacional de Marca” para Mr Black Spirits.

Geograficamente falando, Londres dominou os prêmios nas categorias internacionais com cinco vitórias de destaque em oito prêmios. Além de Lyaness e A Bar With Shapes for a Name, o Tayēr + Elementary de Monica Berg e Alex Kratena, de Shoreditch, foi nomeado “Melhor Bar de Coquetéis Internacional” (superando Pujol, Le Marie Celeste e Danico). E o Sexy Fish, o hotspot asiático em Mayfair, é o “Melhor Bar de Restaurante Internacional” deste ano.

O Spirited Awards, que encerrou o 20º festival anual Tales of the Cocktail, retornou presencialmente pela primeira vez desde 2019 e o público no salão de baile do Ritz-Carlton New Orleans celebrou os vencedores com várias ovações durante a noite. (Nota: A Forbes USA é a parceira de mídia oficial do Spirited Awards.)

Leia mais: As 20 melhores cidades do mundo em 2022, segundo a Time Out

“A engenhosidade e a resiliência da indústria de bebidas são absolutamente únicas e merecem ser celebradas”, diz Eileen Wayner, CEO da Tales of the Cocktail Foundation. “Reunir esta comunidade em Nova Orleans, a capital mundial da hospitalidade, para comemorar 20 anos de progresso, será um momento crucial. Espero que sirva como um lembrete de que esta indústria oferece não apenas um espaço para se reunir, encontrar alegria e comunidade, mas também para experimentar a inovação de bartenders e produtos em todo o bar ao redor do mundo. Trazer de volta o Spirited Awards, após uma pausa necessária devido ao impacto devastador da Covid-19, reforçará a excelência e a inovação dos bares, bartenders, escritores e produtos que impulsionam as tendências globais de hospitalidade”.

O grande vencedor da noite, Chetiyawardana, ecoou esse sentimento. “As indicações deste ano foram extremamente importantes para nós”, disse ele, “ajuda a consolidar para nós que estamos tomando decisões valiosas e que está repercutindo em nossos pares, mas principalmente por ajudar a reforçar essa crença e entusiasmo por nossas equipes e todo o trabalho duro e paixão que estão colocando em fazer algo tão diferente.

“Tudo isso é exacerbado pela pandemia”, continuou Chetiyawardana. “Ser capaz de voltar e ter pontos positivos para comemorar é incrível. Mas a pandemia também acelerou muitas das coisas que queríamos resolver com os locais, por isso parece ainda mais importante obter esse reconhecimento e esse incentivo para continuar lutando pelas questões que queremos mudar e desafiar”.

Veja a lista completa de vencedores do Spirited Awards 2022 abaixo:

Categorias internacionais

  • Bartender Internacional do Ano: Remy Savage, A Bar with Shapes for a Name (Londres, Reino Unido)
  • Melhor Mentora de Bar Internacional: Lauren Mote
  • Melhor Embaixador Internacional de Marca: Martin Hudak, Mr Black Spirits
  • Melhor Equipe Internacional de Bar: Maybe Sammy (Sydney, Austrália)
  • Melhor Bar Internacional de Coquetéis: Tayēr + Elementary (Londres, Reino Unido)
  • Melhor Bar Internacional de Hotel: Lyaness at Sea Containers London (Londres, Reino Unido)
  • Melhor Bar de Restaurante Internacional: Sexy Fish (Londres, Reino Unido)
  • Melhor Novo Bar de Coquetéis Internacional: A Bar with Shapes for a Name (Londres, Reino Unido)

Categorias dos EUA

  • Bartender Norte-americano do Ano: Chris Hannah, Jewel of the South (Nova Orleans, LA)
  • Melhor Mentor de Bar dos EUA: Sean Kenyon
  • Melhor Embaixador de Marca dos EUA: Lynn House, Heaven Hill
  • Melhor Equipe de Bar dos EUA: Katana Kitten (Nova York, NY)
  • Melhor Bar de Coquetéis dos EUA: Katana Kitten (Nova York, NY)
  • Melhor Bar de Hotel dos EUA: Silver Lyan no Riggs Washington D.C. (Washington, D.C.)
  • Melhor Bar de Restaurante dos EUA: Jewel of the South (Nova Orleans, LA)
  • Melhor Novo Bar de Coquetéis dos EUA: Happy Accidents (Albuquerque, NM)

Categorias de imprensa e outras mídias

  • Melhor Publicação sobre Coquetéis e Spirits: VinePair
  • Melhor série de transmissão, podcast ou vídeo online: The Cocktail Lovers Podcast
  • Melhor Matéria sobre Coquetéis e Spirits: “Caia na Real: O mundo dos bares olha além das medidas de bem-estar sobre sustentabilidade e mudanças climáticas”, de Max Falkowitz para a Revista Imbibe
  • Melhor Novo Livro sobre Coquetéis ou Bartending: “The Japanese Art of the Cocktail”, por Masahiro Urushido e Michael Anstendig
  • Melhor Novo Livro sobre a Cultura dos Drinks, História ou Spirits: “The Oxford Companion to Spirits and Cocktails”, editado por David Wondrich com Noah Rothbaum

Categorias globais

  • Melhor Bar do Mundo: Lyaness at Sea Containers London (Londres, Reino Unido)
  • Melhor novo Spirit ou ingrediente de coquetel: Laranja italiana não alcoólica, da Lyre
  • O melhor menu de coquetéis do mundo: Little Red Door (Paris, França)
  • A melhor seleção de Spirits do mundo: Jack Rose Dining Saloon (Washington, D.C.)
  • Prêmio de pioneirismo: Amanda Gunderson, CEO & cofundadora em Another Round Another Rally
  • Prêmio internacional atemporal: Harry’s New York Bar (Paris, França)
  • Prêmio norte-americano atemporal: Bemelmans Bar at The Carlyle (Nova York, NY)
  • Prêmio Helen David Lifetime Achievement: Julie Reiner, cofundadora do Clover Club, Leyenda, Social Hour Cocktails e Mixtress Consulting
Compartilhe esta publicação: