Duas sorveterias brasileiras entram na lista das 50 melhores do mundo

As gelaterias Cairu e San Lorenzo ocupam as 32ª e 37ª posições do ranking respectivamente

Vitória Fernandes
Compartilhe esta publicação:
Divulgação/San Lorenzo
Divulgação/San Lorenzo

O ranking que elenca as melhores gelaterias do mundo foi divulgado no início do mês e contou com mais de cinco mil artesãos de todo o mundo

Acessibilidade


O Brasil contou com duas representantes no Festival Mundial do Gelato, realizado em Roma, na Itália.

O ranking que elenca as melhores gelaterias do mundo foi divulgado no início do mês e contou com mais de cinco mil artesãos de todo o mundo. De acordo com os organizadores, a ideia é trazer sabores, receitas e aromas diversos e que encantam o público.

A Cairu, que fica localizada em Belém, no Pará, ocupou a 32ª posição da lista e angariou, ainda, por meio do chefe Armando José Lauian Filho, o título de sorveteiro “de ouro” do país.

A sorveteria é conhecida por trazer os gostos do Brasil com ingredientes típicos da região Norte.

Outra brasileira que participa da lista é a San Lorenzo, localizada em São Paulo. A sorveteria levou a 37ª posição do ranking e é conhecida por trazer diversidade de sabores em seu cardápio.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A gelateria traz opções exclusivas como baba de moça, gorgonzola, hibisco, strudel, panetone e pétalas de rosa.

San Lorenzo também carrega um histórico de troféus após ser premiado como o melhor gelato do Brasil em 2018 e em 2021.

Leia mais: Saiba quem são os chefs que fazem os melhores gelatos do mundo

1º posição do ranking

Marco Venturino, da loja de gelatos I Giardini di Marzo (localizada na cidade de Varazze, na província de Savona, Ligúria), foi nomeado o melhor mestre de gelato de 2022, premiado com três coroas por seu gelato Bocca di Rosa.

A sobremesa gelada vencedora é feita com leite, chocolate branco e uma base artesanal de água de rosas. O seu sabor único foi inspirado numa especialidade menos conhecida da Ligúria, o xarope de rosas rico, cremoso e aromático.

Compartilhe esta publicação: