Rare Beauty, de Selena Gomez, chega ao Brasil com portfólio completo

Marca de beleza da popstar começou a ser vendida hoje (3) com exclusividade na Sephora Brasil

Giovanna Simonetti
Compartilhe esta publicação:
Rare Beauty/Divulgação
Rare Beauty/Divulgação

Criada pela cantora Selena Gomez, a Rare Beauty é uma marca de beleza vegana e sem crueldade animal

Acessibilidade


Depois de uma longa antecipação (e muitos pedidos) por parte dos beauty junkies e fãs da cantora pop Selena Gomez, desembarca hoje (3) no Brasil a Rare Beauty, marca de beleza da artista. 

Lançada no começo de 2020, a linha de produtos veganos já havia expandido para o México, países da Europa, Oriente Médio e Sudeste Asiático. Desde então, viralizou nas redes sociais (especialmente no TikTok) com produtos como o seu blush líquido, com a proposta de entregar uma maquiagem inclusiva e fácil de ser usada. Agora a marca faz sua estreia na América do Sul, vendida com exclusividade na Sephora Brasil.

O timing por trás da decisão, quase dois anos depois da origem da Rare Beauty nos EUA, tem a ver com demanda e escalabilidade. “Nosso time é pequeno, não aguentaríamos expandir para tantos países de uma vez. Mas a requisição por parte do público brasileiro foi gigante, a Selena tem muitos fãs no Brasil”, explica o CEO da marca, Scott Friedman, em entrevista à Forbes Brasil.

Leia mais: Selena Gomez e outras celebridades que criaram negócios “conscientes”

Como grandes consumidores de beleza – somos o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo, segundo a Euromonitor International -, o Brasil é um ponto muito estratégico para as empresas do setor. “Só queria expandir para o país quando estivéssemos prontos, com a quantidade certa de produtos e sem problemas na cadeia de produção, especialmente depois da pandemia. Agora estamos prontos”, afirma o executivo.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A aposta é alta, com expectativa de um “tsunami” de vendas, segundo a CEO da Sephora Brasil, Andrea Orcioli. Diferentemente de outros lançamentos da rede de beleza, em que são escolhidos inicialmente apenas alguns produtos no começo das vendas, a Rare Beauty chega ao país com seu portfólio completo: são cerca de 180 itens, incluindo 32 tonalidades de base e corretivo. “A marca tem tudo a ver com inclusão e abraçar a singularidade de cada um, então queríamos conseguir atender a diversidade brasileira”, conta a diretora-executiva.

Rare Beauty/Divulgação
Rare Beauty/Divulgação

A marca viralizou nas redes sociais especialmente com seus blushes líquidos

Outro motivo de a linha inteira, incluindo produtos recém-lançados no mercado norte-americano, chegar ao país de uma vez são os números, explica Andrea: “Vimos que todas as categorias vendem bem ao redor do mundo, não é uma marca que é sustentada por só um produto”.

Ainda assim, é esperado que os blushes líquidos e a coleção de batons e lápis de boca “Kind Words”, lançada no mês passado, sejam os destaques entre os clientes – pelo menos neste começo. À venda no e-commerce e lojas físicas da Sephora, os produtos chegam ao Brasil com preços de maquiagem importada, variando de R$ 79 (pela máscara de cílios) a R$ 239 (a paleta de sombras).

SAÚDE MENTAL E AUTOACEITAÇÃO

Friedman e Andrea não atribuem o sucesso apenas ao nome e fama de Selena, mas também às causas pelas quais a marca preza – alinhadas à visão da artista. Uma das principais é saúde mental, com a criação do Rare Impact Fund, que recebe 1% de todas as vendas anuais da Rare Beauty.

Desde a criação em 2020, o fundo já arrecadou US$ 3,5 milhões, doados a 15 organizações de saúde mental nos EUA que facilitam o acesso a serviços de ajuda e atendimento profissional a jovens e pessoas em situação de vulnerabilidade.

Leia mais: Lady Gaga está promovendo saúde mental e gentileza no trabalho

Junto à sua chegada no Brasil, a marca também irá doar dinheiro no mês que vem para uma instituição brasileira ligada à saúde mental, conta o CEO, ainda sem revelar qual será a organização ou o valor dos recursos.

A preocupação com o assunto vem da própria fundadora: saúde mental é um tema caro a Selena Gomez, que está em evidência na mídia desde os 7 anos. Nesse tempo, a cantora estadunidense encarou uma série de desafios de pressões estéticas e autoestima – até chegar a dar uma pausa na carreira para cuidar de si mesma. Desde que voltou a aparecer, a artista faz questão de falar, especialmente em suas redes sociais, sobre autoaceitação, saúde mental e críticas aos padrões de beleza.

A questão se reflete nas características dos produtos e no discurso da marca. Friedman reafirma, assim como Selena já falou inúmeras vezes, que a maquiagem da Rare Beauty foi criada para ressaltar individualidades de vários tipos de pele e para ser usada sem grandes dificuldades – e na intensidade que se quiser, seja para um visual natural ou mais pesado.

“Selena quer manter as coisas simples, uma maquiagem é fácil de ser usada. Ela não leva muito tempo para ser aplicada, muitos dos produtos esfumam bem e são construíveis, então podem ser usados por desde novatos até maquiadores profissionais. É para todo mundo”, conclui o CEO.

Compartilhe esta publicação: