Anvisa recebe documentos da Pfizer para submissão contínua de vacina contra Covid-19

Pedido, entretanto, não se trata ainda do pedido de registro do imunizante.

Redação
Compartilhe esta publicação:
 Sebastian Condrea/Getty Images
Sebastian Condrea/Getty Images

O pedido da Pfizer, entretanto, não trata ainda do registro do imunizante

Acessibilidade


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu hoje (26) documentos referentes aos estudos não-clínicos e clínicos de Fase I e II da vacina contra Covid-19 desenvolvida pela farmacêutica norte-americana Pfizer em conjunto com o laboratório alemão BioNTec.

Na véspera, a Pfizer Brasil havia anunciado em comunicado ter dado início no órgão regulador ao processo de submissão contínua para registro da vacina desenvolvida contra a Covid-19.

LEIA MAIS: Qantas é primeira aérea a declarar intenção de exigir vacina contra Covid em viagens internacionais

O pedido de submissão contínua, entretanto, não se trata ainda do pedido de registro do imunizante.

Na semana passada, a Anvisa aprovou uma instrução normativa que permitirá acelerar o registro de vacinas contra a Covid-19 no país, autorizando os laboratórios que testam medicamentos a apresentar documentos e dados técnicos conforme forem gerados, sem ter de esperar para ter todos os documentos para abrir o processo de registro.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

LEIA TAMBÉM: Notícias de vacinas desencadeiam fluxo de dinheiro para mercados emergentes

A instrução normativa vale apenas para as vacinas em teste para Covid-19.

A Pfizer e a BioNTech deram entrada em pedidos junto a várias agências regulatórias ao redor do mundo, incluindo a FDA dos Estados Unidos. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: