Fiocruz poderá ter vacinas contra Covid-19 a partir de março de 2021, diz vice-presidente de produção

Sean Elias/Divulgação
Sean Elias/Divulgação

Marco Krieger afirmou que em dezembro será assinado novo contrato que prevê a transferência de tecnologia

O vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde da Fiocruz, Marco Krieger, afirmou hoje (23) que o cronograma estimado pela fundação prevê a produção de vacinas contra a Covid-19 em dezembro e janeiro, e a disponibilização de doses em março, após submissão a órgãos de vigilância sanitária.

O Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) assinaram um memorando de entendimento com o laboratório britânico AstraZeneca, que desenvolve o imunizante junto com a Universidade de Oxford.

LEIA MAIS: Vacina da AstraZeneca pode ser 90% eficaz contra Covid-19, mostra teste

Krieger disse à “GloboNews” que em dezembro será assinado novo contrato que prevê a transferência de tecnologia. Segundo ele, dados sobre o estudo com a vacina no país têm sido apresentados em “pacotes” à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, em janeiro, deve ser apresentado o último pacote de dados. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).