Pfizer dá início a processo de submissão contínua de dados de vacina contra Covid-19 no Brasil

Dado Ruvic/Reuters
Dado Ruvic/Reuters

Medida foi autorizada em caráter excepcional para acelerar registro de vacina da Pfizer

A Pfizer Brasil deu início, na Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), ao processo de submissão contínua para registro da vacina desenvolvida contra a Covid-19.

O imunizante é desenvolvido em parceria com a BioNTech.

LEIA MAIS: Mutações não estão aumentando velocidade de transmissão do coronavírus, aponta estudo

“Esse é um importante passo para que o imunizante esteja disponível no Brasil. A Pfizer disponibilizará todos os dados necessários para avaliação e estará em total colaboração com a Anvisa para que esse processo transcorra da melhor maneira e o mais rapidamente possível”, disse Márjori Dulcine, diretora médica da Pfizer Brasil em comunicado.

A Anvisa aprovou na semana passada uma instrução normativa que permitirá acelerar o registro de vacinas contra a Covid-19 no país, autorizando os laboratórios que testam medicamentos a apresentar documentos e dados técnicos conforme forem gerados, sem ter de esperar para ter todos os documentos para abrir o processo de registro.

A instrução normativa vale apenas para as vacinas em teste para Covid-19.

LEIA TAMBÉM: Infecções por Covid se aproximam de 60 milhões e mundo busca acordos por vacinas

A Pfizer e a BioNTech deram entrada em pedidos junto a várias agências regulatórias ao redor do mundo, incluindo a FDA dos Estados Unidos. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).