Anvisa autoriza uso emergencial de mais um remédio contra Covid-19

Ueslei Marcelino/Reuters
Ueslei Marcelino/Reuters

Segundo a Anvisa, o medicamento é o quinto a ser autorizado no Brasil para tratamento da Covid-19, e o quarto em uso emergencial

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou hoje (8) uma autorização temporária de uso emergencial do medicamento Sotrovimabe contra a Covid19, em caráter experimental.

Segundo nota da agência, o medicamento da empresa GSK (GlaxoSmithKline) Brasil é o quinto a ser autorizado no Brasil para tratamento da Covid19, e o quarto em uso emergencial.

LEIA MAIS: Anvisa avalia fazer inspeção na China para liberar lotes interditados da CoronaVac

O remédio já conta com autorização para uso emergencial ou temporário das agências reguladoras dos Estados Unidos e do Canadá, enquanto a autoridade sanitária europeia emitiu parecer científico apoiando o uso do Sotrovimabe como uma opção de tratamento para a Covid19.

“Apesar dos esforços para ampliar a vacinação, ainda precisamos disponibilizar mais medicamentos capazes de evitar que os pacientes infectados desenvolvam complicações”, afirmou a diretora da Anvisa Meiruze Freitas, relatora do processo.

“A autorização de mais um tratamento com anticorpo monoclonal amplia as opções terapêuticas, em especial aquelas capazes de atuar contra as variantes do novo coronavírus que circulam no Brasil. Esperamos que o uso desse medicamento reduza a necessidade de hospitalização em pacientes com Covid19 leve a moderado.” (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).