Sinovac testará uso da CoronaVac em crianças na África do Sul em estudo global

Amr Abdallah Dalsh/Reuters
Amr Abdallah Dalsh/Reuters

Fase 3 da pesquisa testará a eficácia e segurança da vacina CoronaVac em 14 mil participantes com idade entre 6 meses e 17 anos

A Sinovac Biotech da China testará sua vacina contra a Covid-19, a CoronaVac, em crianças e adolescentes na África do Sul como parte de um estudo global de Fase III, informaram a farmacêutica Sinovac e o parceiro local Numolux Group hoje (9).

O estudo irá avaliar a eficácia, imunogenicidade e segurança da CoronaVac em crianças e adolescentes com idade entre 6 meses e 17 anos, disseram as empresas em um comunicado.

VEJA TAMBÉM: Dose de reforço da CoronaVac reverte queda de anticorpos contra Delta

O teste, de abrangência global, envolverá 14 mil participantes pelo Chile, Filipinas, Malásia, Quênia, incluindo 2 mil na África do Sul, disseram. O ensaio foi aprovado pela Sahpra, reguladora de medicamentos da África do Sul, e a primeira criança será vacinada na Unidade de Pesquisa Clínica da MeCRU, com sede na Universidade de Ciências da Saúde Sefako Makgatho, na última sexta-feira (3).

“O principal objetivo do estudo é avaliar a eficácia de duas doses da CoronaVac contra casos sintomáticos confirmados de Covid-19 em crianças e adolescentes… a eficácia também será avaliada contra hospitalização e casos graves de Covid-19”, disseram Sinovac e Numolux. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).