ZTE quadruplica lucro líquido no 3º trimestre

A ZTE afirmou que o lucro líquido de julho a setembro subiu mais de 370%, para US$ 377 milhões

A fabricante chinesa de equipamentos para telecomunicações ZTE anunciou hoje (28) que o lucro líquido de terceiro trimestre mais que quadruplicou em meio a uma recuperação do grupo atingido por sanções dos Estados Unidos no ano passado.

LEIA MAIS: Oi pode considerar vender braço de telefonia móvel

As sanções dos EUA forçaram a ZTE a interromper a maior parte de seus negócios entre abril e julho do ano passado depois que o Departamento de Comércio norte-americano afirmou que a empresa foi pega violando sanções ao fazer negócios com Irã e Coreia do Norte com produtos dos EUA. As sanções foram levantadas depois que a ZTE pagou US$ 1,4 bilhão em penalidades.

A ZTE afirmou que o lucro líquido de julho a setembro subiu mais de 370%, para 2,66 bilhões de iuans (US$ 377 milhões).

A receita operacional subiu 1,55% no terceiro trimestre sobre um ano antes, para 19,63 bilhões de iuans, informou a companhia, sem dar mais detalhes.

A ZTE espera que o lucro de todo o ano fique entre 4,3 bilhões e 5,3 bilhões de iuans ante prejuízo de 6,98 bilhões em 2018.

As principais clientes da ZTE são as operadoras chinesas de telefonia móvel China Unicom, China Telecom e China Mobile. A empresa afirmou no mês passado que o mercado chinês é responsável por 61% de sua receita operacional no primeiro semestre.

A ZTE afirmou ainda nesta segunda-feira que assegurou 35 licenças comerciais de 5G no mundo nos primeiros nove meses do ano.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).