BHP nomeia Mike Henry para substituir Mackenzie como CEO

Kim Kyung-Hoon/Reuters
Silhueta de executivo da BHP contra uma tela projetando o logotipo da empresa

A BHP nomeou Mike Henry para substituir Andrew Mackenzie como o novo presidente executivo da maior mineradora do mundo a partir do ano que vem.

LEIA MAIS: BHP: US$ 260 mi para descomissionar barragem da Samarco

Mackenzie irá se aposentar em 31 de dezembro, colocando um ponto final em seus quase sete anos no comando da empresa e em mais de uma década na companhia.

Henry, atual presidente de operações minerais da BHP na Austrália, assumirá a partir de 1º de janeiro.

Sob a gestão de Mackenzie, a BHP lidou com a pressão dos investidores para considerar alterações administrativas drásticas, visando enfrentar desafios como cortes de custos, um retorno a preços mais baixos do minério de ferro e o dano de reputação causado pelo rompimento de uma barragem de rejeitos em Mariana (MG) em 2015.

“Uma nova liderança proporcionará uma aceleração no enorme potencial de valor e de retornos que virá da próxima onda de transformações da BHP”, disse Mackenzie em comunicado.

VEJA TAMBÉM: Mineradora BHP: US$ 515 mi para Renova e Samarco

Seu substituto, Henry, está na BHP desde 2003, tendo passado 30 anos na indústria. Ele assume em um momento em que os riscos econômicos globais, como a demanda mais fraca e os preços voláteis, podem afetar os resultados futuros da companhia.

“Vamos obter ainda mais valor em nossas operações de minério e bacias de petróleo”, disse o CEO eleito, acrescentando que a BHP deve operar de forma segura e reduzir seu impacto no meio ambiente.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).