Hyundai mira veículos voadores com plano de investimento de US$ 52 bi

SOPA Images/Getty Images
Plano “Estratégia 2025” prevê um investimento médio anual de 10 trilhões de wons

A Hyundai planeja investir cerca de 61,1 trilhões de wons (US$ 51,81 bilhões) entre 2020 e 2025, anunciou a montadora sul-coreana hoje (4). O plano inclui pesquisa sobre carros voadores, afirmou a empresa.

A companhia apresentou o plano da “Estratégia 2025” que prevê um investimento médio anual de 10 trilhões de wons, superior ao dos anos anteriores, e acima dos 6,1 trilhões de won de 2018.

LEIA MAIS: Hyundai considera cortes de capacidade na China

“O anúncio do plano e das metas de investimento está cheio de boas intenções, mas ainda não há resultados reais”, disse Lee Han-joon, analista da KTB Investment & Securities. “O plano em si também não foi surpreendente.”

A principal montadora de veículos da Coreia do Sul está acelerando os esforços para entrar na corrida para trazer carros autônomos ao mercado.

A Hyundai também está estudando o desenvolvimento de carros voadores, que podem ser comercializados antes dos carros autônomos mais avançados, afirmou o vice-presidente do conselho, Euisun Chung.

A Hyundai pretende dedicar cerca de 20 trilhões de wons do investimento total, dividido em seis anos, a tecnologias futuras.

A empresa também estabeleceu o ambicioso prazo de 2025 para estar entre as três principais fabricantes mundiais de veículos a bateria e células de combustível, com vendas anuais de 670 mil veículos elétricos, incluindo 560 mil carros movidos a bateria.

VEJA TAMBÉM: Hyundai vai ter banco em parceria com Santander Brasil

“O objetivo está definido, agora os resultados precisam ser bons, com bons produtos sendo entregues”, disse Kim Jin-woo, analista da Korea Investment & Securities.

“É quando os investidores tomarão uma decisão sobre suas apostas na Hyundai.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).