Ultrapar prevê investimento de R$ 1,77 bi em 2020

Sergio Moraes/Reuters
Ipiranga vai receber R$ 528 milhões para expansão da rede de postos e da infraestrutura de abastecimento

O conselho de administração da Ultrapar Participações aprovou na quarta-feira (4) plano de investimentos de R$ 1,77 bilhão para 2020, de acordo com comunicado divulgado ao mercado pelo conglomerado dono da rede de postos Ipiranga, da Oxiteno, da distribuidora Ultragaz, entre outros negócios.

Para a rede Ipiranga, estão previstos R$ 528 milhões para expansão da rede de postos e da infraestrutura de abastecimento, a partir da construção de duas novas bases de operação e das concessões obtidas neste ano em Belém (PA), Cabedelo (PB) e Vitória (ES). O montante também contempla expansão das operações próprias e novas franquias das lojas am/pm e Jet Oil.

LEIA MAIS: Raízen, Ultrapar, Sinopec e Mubadala na 2ª fase da disputa por refinarias da Petrobras

Outros R$ 345 milhões estão voltados para a manutenção e modernização de suas atividades, principalmente em renovação de contratos com revendedores, infraestrutura logística e tecnologia para apoiar as operações.

O investimento aprovado para a Oxiteno – de R$ 228 milhões no total – será direcionado substancialmente à manutenção e segurança de suas unidades produtivas, P&D e avanços nos sistemas de informação, disse a Ultrapar.

Na Ultragaz, um aporte de R$ 314 milhões será destinado à captura de novos clientes nos segmentos envasado e granel, reposição e aquisição de vasilhames para suportar o crescimento de volume, expansão e manutenção das bases de engarrafamento, e à tecnologia da informação.

A Ultracargo deverá investir R$ 238 milhões principalmente na construção do terminal em Vila do Conde (PA), além da expansão dos terminais de Itaqui (MA) e Suape (PE), e na melhoria contínua em segurança, infraestrutura e manutenção dos terminais.

Já a Extrafarma, que receberá R$ 53 milhões, planeja investir principalmente em plataforma sistêmica, expansão da rede e da infraestrutura logística, com destaque para a abertura de um novo centro de distribuição no Nordeste, e manutenção e reforma de lojas.

“A empresa está claramente escolhendo expandir os investimentos em Ipiranga, Ultragaz e Ultracargo com novos terminais”, afirmou o analista Vicente Falanga, do Bradesco BBI.

VEJA TAMBÉM: Ultrapar tem lucro menor no 3º tri

“Por outro lado, o capital a ser investido na Extrafarma diminuirá significativamente – em linha com a estratégia da empresa de desacelerar a expansão das lojas e aumentar a maturidade média das existentes; e a Oxiteno está concluindo um importante ciclo de investimentos que deverá gerar resultados em 2020 e 2021.”

Falanga acrescentou que os aportes estão em linha com suas estimativas, acrescentando que parte dos cerca de R$ 1,7 bilhão esperados para 2019 está sendo empurrada para 2020, devido à atividade econômica abaixo do esperado. “A Ultrapar provavelmente investirá apenas cerca de R$ 1,5 bilhão este ano”.

Ele manteve recomendação “outperform” para as ações da Ultrapar, afirmando ver um forte ponto de inflexão nos lucros e na alavancagem do conglomerado.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).