Chanceler britânico diz que Boris Johnson está respirando sem auxílio de aparelhos

Frank Augstein/Reuters
Boris Johnson está respirando sem ajuda de aparelhos e continua sendo monitorado sob cuidados intensivos

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, está respirando sem ajuda de aparelhos e continua sendo monitorado sob cuidados intensivos após apresentar sintomas persistentes do novo coronavírus por mais de 10 dias, disse o ministro das Relações Exteriores, Dominic Raab, hoje (7).

Raab, que substitui Johnson, disse que o líder britânico tinha permanecido estável durante a noite e estava recebendo “tratamento padrão de oxigênio”.

LEIA MAIS: Premiê Boris Johnson passa por exames em hospital por sintomas persistentes de Covid-19

“Ele não tem precisado de ventilação mecânica ou suporte respiratório não invasivo. Ele permanece de bom humor e, de acordo com a prática clínica usual, seu progresso continua sendo monitorado sob cuidados intensivos”, afirmou Raab em entrevista coletiva.

“Estou confiante de que ele sairá dessa, porque se há uma coisa que eu sei sobre esse primeiro-ministro, é que ele é um lutador. Ele estará de volta ao comando, nos liderando ao longo desta crise em pouco tempo.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).