Com Neymar em 4º, Forbes divulga os 100 atletas mais bem pagos de 2020

GettyImages/ Eurasia Sport Images
Lista dos 100 atletas mais bem pagos de 2020 conta com apenas dois brasileiros: os jogadores de futebol Neymar (foto) e Oscar

Os valores recebidos pelos atletas mais bem pagos do mundo caíram pela primeira vez em quatro anos, de acordo com a edição 2020 do ranking da Forbes. Os estragos foram, em grande parte, causados pelas interrupções nos principais eventos esportivos em todo o mundo impostas pela pandemia de Covid-19 – o que não acontecia desde a Segunda Guerra Mundial.

Os 100 atletas mais bem pagos ganharam, juntos, US$ 3,6 bilhões este ano, 9% menos do que em 2019 e a primeira queda desde 2016, quando os boxeadores Floyd Mayweather e Manny Pacquiao distorceram os resultados com um pagamento de US$ 400 milhões pela “luta do século”, exibida no pay-per-view, em maio de 2015.

LEIA MAIS: SoftBank lidera captação de US$ 500 mi de unidade autônoma da Didi Chuxing

Roger Federer ocupa o topo da lista pela primeira vez, com US$ 106 milhões em ganhos antes dos impostos, superando Cristiano Ronaldo e Lionel Messi, que se revezaram no 1o lugar em três dos últimos quatro anos. Os dois ícones do futebol ganharam US$ 209 milhões nos últimos 12 meses, uma queda de US$ 28 milhões em relação a 2019, devido às reduções salariais praticadas por muitos dos clubes europeus de futebol quando as ligas foram interrompidas em março.

Federer, que tem o melhor portfólio de patrocínios no esporte, é apenas o nono atleta a conquistar o 1o lugar desde 1990, primeira vez em que a Forbes começou a acompanhar os ganhos dos atletas. Ele também é o primeiro tenista na história a chegar ao topo da lista depois de faturar US$ 100 milhões fora das quadras, graças a acordos com Uniqlo, Credit Suisse, Mercedes-Benz e outros 10 parceiros. Cristiano Ronaldo recebeu US$ 45 milhões da Nike, Altice, Herbalife e da sua própria marca CR7, enquanto Messi recebeu US$ 32 milhões de Adidas, MasterCard e PepsiCo.

Atletas de 21 países e 10 esportes estão na lista deste ano, assim como duas mulheres, Naomi Osaka e Serena Williams. Pela primeira vez, mais de uma mulher faz parte do ranking desde 2016, quando Serena Williams apareceu com Maria Sharapova. Naomi Osaka, que ganhou US$ 3,4 milhões em prêmios em torneios, é o sonho dos patrocinadores: ela recebeu US$ 34 milhões de marcas como Nike, Nissan Motor e Procter & Gamble. Nenhuma atleta de qualquer outro esporte além do tênis jamais alcançou essa classificação de elite.

LEIA TAMBÉM: Por dentro da rede de mentiras de Kylie Jenner e por que ela não é mais uma bilionária

A NBA é a liga mais representada na lista, mas os jogadores da NFL tiveram o melhor ano como grupo graças ao início da temporada no final do verão norte-americano, que protegeu a liga das alterações do coronavírus. No total, 31 estrelas do futebol americano apareceram na lista, contra 19 no ano passado. Em contraste, os jogadores da MLB foram os mais atingidos após o adiamento do “Opening Day” em março: apenas um jogador profissional de beisebol, o arremessador do Los Angeles Dodgers Clayton Kershaw, aparece na lista, bem abaixo dos 15 incluídos em 2019.

Com a Nascar e o futebol alemão sendo os únicos a voltarem até agora, a queda nos lucros provavelmente se estenderá por mais uma temporada no ranking.

Além de Neymar, o único outro brasileiro presente na lista e o jogador de futebol Oscar, que joga no time chinês Shanghai SIPG, na 56a posição.

Veja, a seguir, os 10 atletas mais bem colocados na edição 2020 do ranking dos atletas mais bem pagos do mundo:

  • 1. Roger Federer
    Esporte: Tênis
    Rendimentos em 2019: US$ 106,3 milhões
    País de origem: Suíça

  • 2. Cristiano Ronaldo
    Esporte: Futebol
    Rendimentos em 2019: US$ 105 milhões
    País de origem: Portugal

  • 3. Lionel Messi
    Esporte: Futebol
    Rendimentos em 2019: US$ 104 milhões
    País de origem: Argentina

  • 4. Neymar
    Esporte: Futebol
    Rendimentos em 2019: US$ 95,5 milhões
    País de origem: Brasil

  • 5. LeBron James
    Esporte: Basquete
    Rendimentos em 2019: US$ 88,2 milhões
    País de origem: Estados Unidos

  • 6. Stephen Curry
    Esporte: Basquete
    Rendimentos em 2019: US$ 74,4 milhões
    País de origem: Estados Unidos

  • 7. Kevin Durant
    Esporte: Basquete
    Rendimentos em 2019: US$ 63,9 milhões
    País de origem: Estados Unidos

  • 8. Tiger Woods
    Esporte: Golfe
    Rendimentos em 2019: US$ 62,3 milhões
    País de origem: Estados Unidos

  • 9. Kirk Cousins
    Esporte: Futebol Americano
    Rendimentos em 2019: US$ 60,5 milhões
    País de origem: Estados Unidos

  • 10. Carson Wentz
    Esporte: Futebol Americano
    Rendimentos em 2019: US$ 59,1 milhões
    País de origem: Estados Unidos

  • 56. Oscar
    Esporte: Futebol
    Rendimentos em 2019: US$ 27,5 milhões
    País de origem: Brasil

1. Roger Federer
Esporte: Tênis
Rendimentos em 2019: US$ 106,3 milhões
País de origem: Suíça

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).