SoftBank lidera captação de US$ 500 mi de unidade autônoma da Didi Chuxing

Jason Lee/Reuters
Didi começou a desenvolver e testar veículos autônomos em 2016

A Didi Chuxing disse hoje (29) que concluiu uma rodada de captação de fundos de mais de US$ 500 milhões para sua subsidiária de direção autônoma, liderada pelo Vision Fund 2 do SoftBank Group.

A empresa disse em comunicado que a rodada marcou a primeira vez que sua divisão de autônomos conseguiu financiamento externo desde que se tornou uma unidade independente no ano passado e também foi a maior rodada de captação de recursos no setor de direção autônoma da China.

VEJA TAMBÉM: Didi Chuxing usará inteligência artificial contra vírus na América Latina

A Didi disse que usará o capital para investir ainda mais na pesquisa e desenvolvimento de tecnologia de direção autônoma, além de investir em testes e acelerar a implantação de serviços.

A Didi obteve licenças de testes em vias na Califórnia, Pequim, Xangai e Suzhou, informou o documento. Ela começou a desenvolver e testar veículos autônomos em 2016.

A captação de recursos ocorre quando o SoftBank está vendendo outras participações para arrecadar dinheiro para recompras de ações para impulsionar seu preço, à medida que seus investimentos em tecnologia diminuem. Alguns dos investimentos da empresa japonesa, incluindo a Uber e a cadeia de hotéis indiana Oyo, foram enormemente impactados por medidas de isolamento durante a pandemia de coronavírus.

A tecnologia de direção autônoma continua popular entre os investidores, mesmo em meio à pandemia. Este mês, a Waymo, unidade da Alphabet, captou US$ 750 milhões em sua primeira rodada de investimentos externos, enquanto a chinesa Pony.ai levantou US$ 462 milhões de investidores em rodada liderada pela Toyota Motor em fevereiro. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).