Bilionários sem diploma: conheça 15 nomes da lista Forbes que não possuem ensino superior

GettyImages
GettyImages

Steve Jobs abandonou a Reed College ao final do primeiro semestre de curso

A educação é o caminho mais efetivo para uma carreira de sucesso. Não há dúvida de que os benefícios do mundo acadêmico são grandes. Independentemente do resultado final, um ensino bem conduzido produz conhecimento, promove a socialização e o networking e contribui para a formação de senso crítico, entre muitas outras vantagens. Mas, se olharmos bem de perto para a lista dos bilionários da Forbes, veremos que nem todos trilharam esse caminho.

Seja por opção, falta de oportunidade ou problemas dos mais variados tipos, a educação acabou sendo relegada a segundo plano na vida de alguns deles. O francês François Pinault, por exemplo, abandonou os estudos ainda na adolescência por ser alvo de bullying na escola, em função da origem humilde da sua família. Hoje, o bilionário que detém marcas de luxo como a Gucci, possui um patrimônio líquido de US$ 39,1 bilhões.

VEJA TAMBÉM: Número de negros na lista de bilionários do mundo sobe para 16

Outra história de sucesso é a de Sarah Breedlove, conhecida como Madam C. J. Walker. Nascida em 1867, nos Estados Unidos, Sarah foi a primeira entre seus pais e irmãos escravos a nascer livre e, na vida adulta, tornou-se a primeira milionária norte-americana a fazer sua própria fortuna, com uma marca própria de cosméticos para cabelos afro. Madam C. J. Walker frequentou apenas três meses de educação formal na escola dominical da igreja, onde aprendeu a ler e escrever. A milionária fundou sua companhia de cuidados capilares em 1906 e, dois anos depois, seus ganhos já passavam dos US$ 150 mil anuais. Quando faleceu, em 1919, sua empresa empregava 40 mil pessoas e valia US$ 3 milhões (estimativa de 2017).

Mais um caso notável é o do cofundador da Apple Steve Jobs. Nascido em 1958, São Francisco, Califórnia, Jobs concluiu o ensino médio na Homestead High School e na sequência ingressou na Reed College, em um curso ligado à computação. O empresário desistiu da formação após o primeiro semestre de estudos, mas conseguiu autorização da universidade para assistir algumas aulas como a de caligrafia, que mais tarde foi essencial para a tipografia usada no computador pessoal Macintosh. Em 1976, Jobs fundou a Apple na garagem de sua casa, em parceria com Steve Wozniak. Nesta semana, a companhia comandada por Tim Cook atingiu o valor de mercado de US$ 2 trilhões.

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2019, no Brasil, pessoas com ensino superior recebem salário 131% maior do que aquelas que não têm diploma. Por outro lado, o relatório “Education at a Glance” de 2019 da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) aponta que o país tem o pior índice de formação universitária entre as 45 nações membros e parceiras da entidade: entre a população de 25 a 34 anos apenas 21% é graduada, contra a média de 44% verificada pela OCDE.

E AINDA: Os 15 bilionários que mais fizeram doações para o combate à Covid-19

No mercado de trabalho, um levantamento feito pela consultoria iDados no primeiro trimestre de 2020 com informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que 40% dos brasileiros entre 22 e 25 anos com ensino superior ocupam cargos que não exigem a formação.

Os 15 bilionários sem diploma da lista a seguir somam patrimônio conjunto de US$ 544 bilhões. E entre os 20 mais ricos do mundo, 25% não possui ensino superior.

Veja, na galeria de imagens a seguir, 15 bilionários que não possuem diploma:

  • 1. Bill Gates

    Posição no ranking de bilionários:
    Fortuna: US$ 114,1 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte da fortuna: Microsoft
    Formação: Abandonou os cursos de matemática e direito na Universidade de Harvard. Em 2007, o bilionário recebeu diploma honorário de doutor em direito da Universidade de Harvard.

    GettyImages
  • 2. Mark Zuckerberg

    Posição no ranking de bilionários:
    Fortuna: US$ 98,2 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte da fortuna: Facebook
    Formação: Mark Zuckerberg estudou psicologia e ciências da computação na Universidade de Harvard. O bilionário abandonou ambos os cursos para se dedicar ao Facebook.

    GettyImages
  • 3. Larry Ellison

    Posição no ranking de bilionários:
    Fortuna: US$ 74,1 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte da fortuna: Oracle
    Formação: Matriculou-se na escola de Ciências da Universidade de Illinois, mas abandonou o curso após o falecimento de sua mãe adotiva. Em seguida, ingressou na Universidade de Chicago, onde cursou apenas um semestre.

    GettyImages
  • 4. Amancio Ortega

    Posição no ranking de bilionários: 13ª
    Fortuna: US$ 66,1 bilhões
    País: Espanha
    Fonte da fortuna: Zara
    Formação: Amancio Ortega abandonou os estudos aos 14 anos de idade para trabalhar como office boy. O bilionário não chegou a concluir o ensino médio.

    GettyImages
  • 5. Françoise Bettencourt

    Posição no ranking de bilionários: 12ª
    Fortuna: US$ 66,8 bilhões
    País: França
    Fonte da fortuna: L’Oreal
    Formação: A herdeira de uma das maiores empresas de cosméticos do mundo e mulher mais rica do planeta optou pela graduação em matemática, mas abandonou o curso ainda no primeiro ano.

    GettyImages
  • 6. François Pinault

    Posição no ranking de bilionários: 28ª
    Fortuna: US$ 39,1 bilhões
    País: França
    Fonte da fortuna: Bens de luxo
    Formação: O bilionário que detém marcas de luxo como Gucci, Saint Laurent e Alexander McQueen não chegou a frequentar uma universidade. O bilionário abandonou os estudos antes de terminar o ensino médio porque seus colegas de classe zombavam de sua família de origem pobre.

    GettyImages
  • 7. Michael Dell

    Posição no ranking de bilionários: 31ª
    Fortuna: US$ 35,2 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte da fortuna: Computadores Dell
    Formação: Por pressão, Michael Dell ingressou no curso de medicina na Universidade do Texas, em Austin. No entanto, o bilionário abandonou as aulas antes do fim para seguir sua vocação profissional e dedicar-se aos negócios.

    DrewAngerer/GettyImages
  • 8. Sheldon Adelson

    Posição no ranking de bilionários: 34ª
    Fortuna: US$ 31 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte da fortuna: Casinos
    Formação: O bilionário começou sua carreira universitária em um curso voltado para negócios, mas abandonou logo em seguida para servir ao exército dos Estados Unidos. Após o serviço militar, tentou novamente retomar a formação na City College of New York, mas não concluiu.

    GettyImages
  • 9. Ralph Lauren

    Posição no ranking de bilionários: 402ª
    Fortuna: US$ 5,5 bilhões
    País: Estados Unidos
    Fonte da fortuna: Vestuário
    Formação: O bilionário estudou negócios na Baruch College, na The City University of New York, mas abandonou o curso no segundo ano para servir ao exército dos Estados Unidos.

    Taylor Hill/GettyImages
  • 10. Richard Branson

    Posição no ranking de bilionários: 562ª
    Fortuna: US$ 4,4 bilhões
    País: Reino Unido
    Fonte da fortuna: Virgin Atlantic e Virgin Galactic
    Formação: O bilionário abandonou os estudos ainda na adolescência, aos 16 anos, por conta da dislexia. Não chegou a concluir o ensino médio.

    GettyImages
  • 11. Joesley Batista

    Posição no ranking de bilionários: 977ª
    Fortuna: US$ 2,7 bilhões
    País: Brasil
    Fonte da fortuna: JBS
    Formação: Joesley Batista abandonou os estudos ainda durante a adolescência para ajudar no negócio de carnes de seu pai, que estava crescendo.

    Reprodução Forbes
  • 12. Wesley Batista

    Posição no ranking de bilionários: 977ª
    Fortuna: US$ 2,7 bilhões
    País: Brasil
    Fonte da fortuna: JBS
    Formação: Assim como o irmão Joesley, Wesley também abandonou os estudos durante a adolescência para ajudar no negócio de carnes da família – na época ainda chamado Friboi.

    Reprodução Forbes
  • 13. Julio Bozano

    Posição no ranking de bilionários: 1479ª
    Fortuna: US$ 1,8 bilhão
    País: Brasil
    Fonte da fortuna: Setor bancário
    Formação: O bilionário ingressou no curso de arquitetura na Universidade Federal do Rio de Janeiro, mas não chegou a concluir a graduação.

    Reprodução
  • 14. Kanye West

    Posição no ranking de bilionários: 1932ª
    Fortuna: US$ 1,3 bilhão
    País: Estados Unidos
    Fonte da fortuna: Música e marca de roupa e tênis
    Formação: Filho de uma professora universitária, Kanye West frequentou a American Academy of Art e a Chicago State University, mas desistiu da formação superior para se dedicar à carreira musical. Em 2015, o rapper recebeu um diploma honorário de doutor do Instituto de Arte de Chicago por suas contribuições às artes.

    Allen Berezovsky/GettyImages
  • 15. Jay-Z

    Posição no ranking de bilionários: 2202ª
    Fortuna: US$ 1 bilhão
    País: Estados Unidos
    Fonte da fortuna: Diversificada
    Formação: Jay-Z chegou a frequentar três escolas durante a adolescência, mas não terminou o ensino médio. Em suas canções, o rapper fala sobre ter se envolvido com venda de drogas na adolescência.

    Reprodução Forbes

1. Bill Gates

Posição no ranking de bilionários:
Fortuna: US$ 114,1 bilhões
País: Estados Unidos
Fonte da fortuna: Microsoft
Formação: Abandonou os cursos de matemática e direito na Universidade de Harvard. Em 2007, o bilionário recebeu diploma honorário de doutor em direito da Universidade de Harvard.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).