Nissan diz que continuará com ações legais contra Ghosn

Getty Images
Getty Images

Carlos Ghosn enfrenta acusações relacionadas a supostos crimes financeiros

A Nissan Motor disse hoje (7) que a fuga do Japão do ex-presidente Carlos Ghosn não afetaria sua política de responsabilizá-lo por “má conduta grave”.

“A empresa continuará a tomar as medidas legais adequadas para responsabilizar Ghosn pelos danos que sua má conduta causou à Nissan”, afirmou a montadora em comunicado.

LEIA MAIS: Líbano recebe pedido de prisão da Interpol contra Ghosn

Ghosn se tornou um fugitivo internacional depois que revelou na semana passada que havia voado para o Líbano para escapar do que chamou de sistema judicial “fraudado” no Japão, onde enfrenta acusações relacionadas a supostos crimes financeiros.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).