Banco do Brasil reforça linhas de crédito com mais R$ 100 bi

ReutersConnect/Paulo Whitaker
ReutersConnect/Paulo Whitaker

Os valores adicionais serão incorporados a linhas já existentes, para clientes com limite aprovado

O Banco do Brasil anunciou hoje (18) que vai reforçar suas linhas de crédito com R$ 100 bilhões, em meio aos sinais de forte deterioração econômica no país devido aos desdobramentos da pandemia de coronavírus.

Em comunicado, o banco afirmou que R$ 24 bilhões são destinados a pessoas físicas, R$ 48 bilhões são para empresas, R$ 25 bilhões para o agronegócio e R$ 3 bilhões para prefeituras e governos estaduais.

LEIA MAIS: JPMorgan e Goldman Sachs passam a ver contração do PIB do Brasil em 2020

Os valores adicionais serão incorporados a linhas já existentes, para clientes com limite aprovado.

No caso de pessoas físicas, os recursos extras irão para 13 milhões de clientes de crédito consignado, crédito salário e crédito automático.

No caso de empresas, o reforço vai para linhas de capital de giro, investimento e de antecipação de recebíveis, para companhias de todos os tamanhos.

No agronegócio, serão R$ 5 bilhões a mais para linhas de comercialização, R$ 15 bilhões para financiamento à produção agropecuária, R$ 2 bilhões para investimento e R$ 3 bilhões para capital de giro.

LEIA TAMBÉM: Governo diz que choque recessivo é “inevitável”; Guedes anuncia R$ 15 bilhões para autônomos

Os recursos para Estados e municípios serão destinados prioritariamente para financiar a compra de equipamentos e obras na área de saúde, informou o banco.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).