Embora não pareça, a hora do bitcoin é agora

Getty Images
Getty Images

Em tempos de crise, criptomoedas podem ser uma boa reserva de valor

O bitcoin está, de acordo com alguns, enfrentando seu primeiro grande teste: se ele pode funcionar como uma reserva de valor durante uma queda maior do mercado.

Por essa medida, a criptomoeda falhou espetacularmente. O preço do bitcoin entrou em colapso diante do caos induzido pelo coronavírus, perdendo cerca de metade de seu valor, enquanto os mercados tradicionais registraram quedas históricas.

LEIA MAIS: Bitcoin dispara mais de 20% com recuperação dos mercados

Mas isso não é um tudo ou nada para o bitcoin. Seu sucesso não é julgado por seu preço, mas por sua escassez digital em uma época de dinheiro passageiro, flexibilização quantitativa (QE) e recorde de baixas taxas de juros.

No início desta semana, o Fed reduziu as taxas de juros para quase zero e disparou um estímulo de US$ 1 trilhão em uma tentativa de proteger a maior economia do mundo de uma paralisação induzida pelo coronavírus.

Isso se seguiu a cortes de juros semelhantes em todo o mundo, à medida que governos e bancos centrais se esforçavam para tranquilizar os mercados. A ação apressada fracassou em grande parte, com a Dow sofrendo seu pior dia desde o colapso do mercado da Black Monday em 1987 e seu terceiro pior dia de todos os tempos.

Na terça (17), o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, disse que estava pronto para assinar cheques a milhões de americanos para tentar compensar o fardo econômico da pandemia –uma medida de estímulo econômico não convencional que foi popularizada recentemente por alguns economistas de esquerda, como a renda básica universal (UBI), mas já foi conhecido como “dinheiro helicóptero”: dinheiro recém-impresso que parece cair do céu nos bolsos do público (um conceito com o qual alguns investidores cripto estarão familiarizados).

“Estamos pensando em enviar cheques aos americanos imediatamente”, disse Mnuchin, falando em entrevista coletiva na Casa Branca. “Os americanos precisam de dinheiro agora, e o presidente quer receber dinheiro agora –e quero dizer agora nas próximas duas semanas.”

Em outros lugares, a Espanha aparentemente está pesando estímulos semelhantes ao estilo do “helicóptero” –algo que pode causar estragos na zona do euro economicamente unida.

Muitos economistas tradicionais não gostam do “dinheiro helicóptero”. Eles dizem que é mais difícil removê-lo sistema e que ele pode causar uma inflação de longo prazo.

Os bancos centrais do mundo estão sendo forçados a considerar opções extremas devido aos efeitos remanescentes da crise financeira global de 2008, com muitas de suas ferramentas políticas menos radicais ainda em vigor. “Os EUA estão prestes a ficar viciados nesse dinheiro helicóptero muito rápido”, disse o proponente de bitcoin e cofundador do fundo Morgan Creek Digital, Anthony Pompliano, via Twitter.

Enquanto isso, alguns observadores do mercado estão preocupados com o fato de que as amplas vendas, combinadas com propostas de dinheiro helicóptero, podem causar excesso de dinheiro. “No momento, o que estamos vendo no mercado é uma mudança sem precedentes para o dinheiro”, disse Mati Greenspan, fundador da empresa de consultoria financeira Quantum Economics. “Todo mundo está liquidando tudo o que pode. Depois que a poeira baixar, e começarmos a ver o fim da crise, as pessoas não terão reservas de valor.”

Reprodução Forbes

A mais recente oferta da Fed ao mercado foi um fundo especial para manter o crédito fluindo pela economia dos EUA durante o medo do coronavírus, e ela saciou um pouco os investidores.

A Dow, a S&P 500 e a Nasdaq subiram cerca de 5% no fechamento do mercado na terça. O bitcoin ficou mais ou menos indiferente às notícias e está fraco desde que deu um grande passo mais baixo no fim de semana passado –pairando em torno de US$ 5.000 por bitcoin.

“O bitcoin foi criado para esses eventos”, disse Keld van Schreven, cofundador e diretor-gerente da empresa de investimentos em blockchain KR1. “Bitcoin, éter e outras redes de criptografia não precisam de resgate ou QE. Eles só precisam de um punhado de servidores para executar, verificar e concluir transações. Bitcoin, éter e outras criptomoedas eliminaram o elo mais fraco (nós). Isso apenas as torna mais fortes.”

Qualquer que seja o preço do bitcoin, ele não pode ser artificialmente impulsionado pelos bancos centrais ou governos –ele será suportado apenas pelo aumento da demanda.

Mais bitcoin não pode ser impresso ou colado a partir de uma área de transferência. Bitcoin é, independentemente de sua extrema volatilidade dos preços, consistência em tempos inconsistentes.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).