Fundação Clara Lionel, de Rihanna, doa US$ 5 milhões para o combate ao coronavírus

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Rihanna se junta a uma lista crescente de celebridades e figuras públicas que fizeram doações para combater o Covid-19

Fundação Clara Lionel, organização sem fins lucrativos de educação e suporte de emergência de Rihanna, anunciou hoje (21) que doou US$ 5 milhões para esforços de combate ao coronavírus.

A doação beneficiará parceiros locais, incluindo Direct Relief (Assistência Direta), Feeding America (Alimentando a América), Partners in Health (Parceiros na Saúde), o Fundo de Resposta de Solidariedade ao Covid-19 da Organização Mundial da Saúde e o International Rescue Committee (Comitê Internacional de Resgate).

VEJA MAIS: Bilionários: o que os mais ricos estão fazendo em resposta à pandemia de coronavírus

A doação também ajudará a fornecer equipamentos de proteção para profissionais de saúde e laboratórios de diagnóstico, estabelecer e manter unidades de terapia intensiva e acelerar o desenvolvimento de vacinas e outros tratamentos. O treinamento para os trabalhadores da área, a prevenção e a contenção do vírus em países na linha de frente em resposta ao Covid-19 também receberão financiamento, informou a organização.

Os fundos apoiarão bancos locais de alimentos que atendem comunidades em risco nos Estados Unidos; a aceleração do procedimento de testes e cuidados em países como Haiti e Malaui, e a mobilização de recursos e suporte às comunidades nativas.

“Não importa quem você é ou de onde é, esta pandemia afetará todos nós. E para os mais vulneráveis do mundo, o pior ainda está por vir ”, escreveu o grupo em comunicado. “Proteger nossos profissionais de saúde da linha de frente e as comunidades marginalizadas em todo o planeta exige progredir RÁPIDO. A hora de agir é agora.”

A cantora e empresária começou a fundação em 2012 em homenagem a seus avós, Clara e Lionel Braithwaite. Atualmente, A CLF executa propostas educacionais no Malaui, Barbados e Senegal, projetos de resposta a emergências no Caribe e em todo o mundo e possui o Clara Lionel Foundation Global Scholarship Program (Programa Global de Bolsas de Estudo da Fundação Clara Lionel).

Rihanna se junta a uma lista crescente de celebridades e figuras públicas que fizeram doações para combater o Covid-19. A cantora Ciara e seu marido, o quarterback do Seattle Seahawks, Russell Wilson, doaram um milhão de refeições à Food Lifeline, que fornece “comida para mais de 300 bancos, abrigos e programas de refeições no oeste de Washington”. A atriz Blake Lively e o marido Ryan Reynolds doaram US$ 1 milhão, que será dividido entre as organizações de combate à fome Feeding America nos Estados Unidos e Food Banks Canada.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).