Como o coronavírus está afetando a demanda por tecnologia

Neil Godwin/Future Publishing via Getty Images
Com mais tempo livre e evitando o contato físico, as pessoas estão cada vez mais apostando nas compras online

Tudo começou com o pânico nos supermercados, mas a maneira como fazemos compras, online off-line, foi afetada pela pandemia da Covid-19. Em muitos casos, no entanto, o fornecimento permaneceu o mesmo, pois os trabalhadores dos centros de distribuição continuam a enviar produtos normalmente.

O que mudou é que milhões de pessoas estão se isolando em casa enquanto seus empregadores suspendem suas operações. Eles estão enfrentando semanas com muito tempo livre, o que está fazendo com que comprem produtos incomuns apenas por distração. Assim como o pânico que vimos em todo o mundo, a demanda agora está superando a oferta e isso está levando à escassez de produtos físicos e de banda para serviços online.

LEIA MAIS: Funcionários da Amazon se manifestam e pedem mais proteção ao coronavírus

O Nintendo Switch, por exemplo, teve um grande aumento nos preços na última semana e se esgotou em muitas lojas. Outros consoles também não estão imunes, com muitas lojas promovendo o superfaturamento, com ações fraudulentas. Produtos como o Xbox One S já são difíceis de encontrar.

A Amazon continua priorizando as entregas urgentes, o que também prejudica os vendedores que foram empurrados para o final da fila, mas para os clientes, isso significa que até as entregas elegíveis para o Prime demoram uma semana para chegar. No Reino Unido, produtos da gigante do varejo online como o Kindle – que geralmente chegariam no dia seguinte – podem levar até cinco dias para chegar.

Mesmo que a encomenda chegue a tempo, a empresa também emitiu uma declaração aos clientes sobre mais alterações em seu processo de entrega: “Se o seu pedido não exigir uma verificação de identidade, nossos motoristas não baterão na porta nem tocarão a campainha na entrega. Eles deixarão seu pedido na porta ou, se você tiver um local seguro, esclareça isso nas instruções de entrega. Depois que a entrega for concluída, você receberá uma notificação por e-mail ou aplicativo. Lembre-se de refrigerar ou congelar imediatamente quaisquer itens que exijam isso. Caso o seu pedido exija uma verificação de identidade, nosso motorista baterá à sua porta ou tocará a campainha, deixará seu pedido na porta e dará um passo para trás, para realizar a verificação da identidade à distância. Se o seu pedido exigir uma verificação de identidade e não houver resposta na porta ou por telefone, o motorista levará o pedido de volta”.

Já ouvimos falar sobre a Netflix, Disney, YouTube e outras companhias reduzindo a qualidade de streaming para lidar com a demanda extra, mas a Microsoft vem enfrentando uma enorme sobrecarga em seus servidores. A empresa viu um aumento de 775% por mês nas chamadas em equipe e reuniões remotas por usuários na Itália, com mais de 900 milhões de minutos de chamadas por dia e 44 milhões de usuários no espaço de uma única semana, de acordo com um blog em seu site.

Muitos esperam que esse aumento inicial diminua, como diminuiu nos supermercados, onde os níveis de estoque estão quase de volta ao normal em muitos lugares que foram saqueados nas últimas semanas. De fato, muitos mercados no Reino Unido acabaram de anunciar que vão suspender as restrições atuais sobre itens anteriormente limitados para evitar compras exacerbadas. Em resumo, não fique tentado a comprar seus gadgets correndo. Aguarde mais ou menos uma semana e verifique novamente, pois os preços provavelmente voltarão a níveis quase normais.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).