Nos EUA, Amazon tem aumento na demanda e contratará mais 75 mil funcionários

Reuters
Reuters

Hoje (13), a gigante do comércio eletrônico disse que já cumpriu a meta original de 100 mil empregos

A Amazon afirma em comunicado divulgado em seu site hoje (13) que tem registrado aumento na demanda, diante do quadro de pandemia de coronavírus e restrições à circulação das pessoas. Com isso, a empresa informou que contratará mais 75 mil funcionários.

A companhia lembra na nota que em 16 de março havia anunciado que investiria mais de US$ 350 milhões globalmente para aumentar o pagamento de suas equipes durante a pandemia e contratar mais 100 mil pessoas em empregos de jornada completa e meio período, para “manter o máximo de pessoas trabalhando durante esta crise”.

VEJA MAIS: Amazon faz contato com fabricantes de testes de coronavírus para rastrear equipe

Hoje, a empresa disse que já cumpriu a meta original de 100 mil empregos. Como a demanda continua a crescer, ela contratará outras 75 mil pessoas.

No comunicado, a Amazon diz saber que muitas pessoas têm sido afetadas economicamente, com a perda de vagas em áreas como restaurantes, setor de viagens e hotéis, e diz que essas pessoas são bem-vindas na Amazon, “até que as coisas voltem ao normal e seu empregador anterior possa recontratá-las”.

Também afirma que aquele investimento de US$ 350 milhões para elevar os pagamentos dos funcionários aumentará a mais de US$ 500 milhões. (Com Agência Estado)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).