Investidores avaliam TikTok em US$ 50 bilhões

Reuters
Reuters

Investidores da empresa-mãe do TikTok, a ByteDance estão avaliando-o em cerca de US$ 50 bilhões

Alguns investidores da empresa-mãe do TikTok, a ByteDance, que buscam assumir o controle do popular aplicativo, estão avaliando-o em cerca de US$ 50 bilhões, significativamente mais do que seus pares, como a Snap, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto.

A ByteDance, com sede em Pequim, está considerando uma variedade de opções para o TikTok, em meio à pressão dos Estados Unidos para abandonar o controle do aplicativo, que se tornou muito popular entre adolescentes norte-americanos.

LEIA MAIS: Forbes promove primeiro webinar sobre Saúde Mental nas empresas. Participe

O Comitê de Investimentos Estrangeiros nos Estados Unidos (CFIUS), um painel do governo dos EUA que analisa acordos de compradores estrangeiros de empresas quanto a possíveis riscos à segurança nacional, levantou preocupações sobre a segurança dos dados pessoais de usuários do TikTok.

A ByteDance, uma empresa privada, recebeu uma proposta de alguns de seus investidores, incluindo a Sequoia e a General Atlantic, de transferir o controle do TikTok para eles, disseram as fontes.

A oferta dos investidores avalia o TikTok em 50 vezes a receita projetada para 2020, de cerca de US$ 1 bilhão, segundo as fontes. Em comparação, a Snap é avaliada em 15 vezes sua receita projetada para 2020, em cerca de US$ 33 bilhões, segundo a Refinitiv.

Não está claro se o fundador e presidente-executivo da ByteDance, Yiming Zhang, ficará satisfeito com a oferta. Os executivos da ByteDance discutiram recentemente projeções de avaliações para o TikTok que ultrapassam os US$ 50 bilhões, disse uma das fontes.

O TikTok está crescendo rapidamente à medida que ganha mais dinheiro com publicidade, e a empresa espera alcançar US$ 6 bilhões em receita em 2021, disse uma das fontes. A ByteDance, que possui outros aplicativos, estabeleceu uma meta de receita para 2020 de cerca de 200 bilhões de iuanes (US$ 28 bilhões), informou a Reuters anteriormente.

LEIA MAIS: TikTok anuncia fundo de US$ 200 milhões para usuários

Se um acordo para a venda total do TikTok não puder ser alcançado, a ByteDance está explorando a venda apenas das operações do aplicativo nos EUA, disse uma das fontes. Não está claro em quanto esse acordo seria avaliado e que laços o TikTok nos Estados Unidos manteria com suas operações globais.

Não há certeza de que a ByteDance concordará com qualquer acordo, disseram as fontes. A empresa está avançando com mudanças estruturais que afirma que irão afastar ainda mais os negócios norte-americanos do TikTok de seu império global, acrescentaram as fontes.

Representantes da ByteDance, General Atlantic e Sequoia se recusaram a comentar o assunto. Um porta-voz do CFIUS não se manifestou. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).