Banco Inter compra 45% da adquirente Granito

Banco digital realizará um aporte primário de R$ 90 milhões na empresa de soluções em pagamentos do BMG

Redação
Compartilhe esta publicação:
Naruecha Jenthaisong/Getty Images
Naruecha Jenthaisong/Getty Images

A Granito atua no setor de captura de pagamento, desenvolvendo produtos customizados para seus clientes

Acessibilidade


O Banco Inter assinou memorando de entendimento vinculante para aquisição de 45% da Granito, empresa de soluções em pagamentos do Banco BMG, segundo fato relevante do banco digital à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Com o fechamento da operação, o Inter realizará um aporte primário de R$ 90 milhões na adquirente pela participação, com Banco BMG e executivos da Granito ficando com 45% e 10%, respectivamente, do capital da companhia.

LEIA MAIS: Banco Inter lança crédito imobiliário atrelado à poupança

Fundada em 2015, a Granito atua no setor de captura de pagamento, desenvolvendo produtos customizados para seus clientes. Atualmente, trabalha com mais de 20 bandeiras, possui mais de 20 parceiros e escritórios comerciais próprios.

De acordo com o comunicado do Inter, a empresa possui mais de 27 mil clientes e apurou um volume total em compras (TPV) de cerca de 1 bilhão nos primeiros nove meses de 2020.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“A adquirência é o braço que faltava para empresas de médio porte… Vamos entrar no mundo digital da adquirência, ganhar escala para atender os mais de 600 mil empresários correntistas do Inter”, afirmou o presidente do Inter, João Vitor Menin.

O fechamento definitivo da operação está sujeito à aprovação pelo Banco Central e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: