Cade autoriza compra de 2 unidades de soja pela Bunge

Companhia assinou em 20 de maio os contratos para aquisição junto à Imcopa.

Redação
Compartilhe esta publicação:
iStock

As duas fábricas adquiridas pela Bunge processaram cerca de 1 milhão de toneladas de soja no ano passado

Acessibilidade


O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) informou hoje (4) que concedeu a autorização final e incondicional para a compra de duas unidades de processamento de soja no Paraná pela Bunge.

A Bunge assinou em 20 de maio os contratos para aquisição das unidades junto à Imcopa, companhia em recuperação judicial.

LEIA MAIS: Lucro ajustado da Bunge quase dobra no 3T

As duas fábricas adquiridas pela Bunge, localizadas em Araucária e Cambé, processaram cerca de 1 milhão de toneladas de soja no ano passado.

O leilão das unidades da Imcopa fazia parte do plano da empresa para emergir da recuperação judicial.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O Paraná possui cerca de 19% da capacidade de esmagamento de oleaginosas do Brasil, de acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove).

Uma das fábricas da Imcopa fica a 100 km do porto de Paranaguá e produz proteína de soja concentrada usada para alimentação de animais. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: