Dona da Timberland e da Vans comprará Supreme por US$ 2,1 bi

Negócio deve ser concluído no final do ano fiscal de 2020

Redação
Compartilhe esta publicação:
SOPA Images/Getty Images
SOPA Images/Getty Images

A Supreme obtém mais de 60% de sua receita de vendas online

Acessibilidade


A VF Corp, proprietária da marca de calçados Vans, disse hoje (9) que pagará US$ 2,1 bilhões para comprar a empresa de moda Supreme.

A VF Corp, que também possui marcas como The North Face e Timberland, disse que fará um pagamento adicional de até US$ 300 milhões, sujeito ao cumprimento de metas após a conclusão do negócio.

LEIA MAIS: Dona da Timberland e da Vans diz que não comprará mais couro brasileiro

As ações da VF Corp disparavam cerca de 18% hoje.

Conhecida por seu logotipo vermelho com o nome “Supreme” escrito em branco, a marca ganhou seguidores dentro da cultura ‘hypebeast’, ou fãs do estilo streetwear, com seus lançamentos de produtos esgotando em poucos minutos e pessoas esperando em filas fora das lojas por horas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Supreme, que colaborou com muitos proeminentes nomes do setor, incluindo Louis Vuitton, Nike, Levi e Vans, obtém mais de 60% de sua receita de vendas online.

O negócio, que deve ser concluído no final do ano fiscal de 2020, deve contribuir com pelo menos US$ 500 milhões em receita e lucro ajustado por ação de US$ 0,20 no ano fiscal de 2022. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: