13 habilidades essenciais para os profissionais de comunicação

Getty Images
A comunicação, incluindo o jornalismo, continuará sendo afetada pela tecnologia, por isso os profissionais da área devem ficar atentos e desenvolver novas habilidades

Resumo:

  • Atualmente, é preciso entender os novos recursos à disposição para conseguir extrair deles histórias envolventes e cativantes;
  • Novas demandas serão necessárias e avanços tecnológicos devem ser incorporados às habilidades;
  • Veja 13 dicas para profissionais da área se destacarem no mercado.

Nunca se pode dizer com absoluta certeza o que o futuro reserva. No entanto, entender as tendências de um setor permite que profissionais o planejem com grande precisão.

LEIA MAIS: 4 erros mais comuns e perigosos na busca por emprego

Na área de comunicação, que muda rapidamente, os profissionais precisam estar prontos para se adaptar às novas tecnologias e abordagens no campo para garantir o sucesso de suas operações. Para isso, os especialistas precisam desenvolver habilidades críticas para se preparar para o sucesso futuro.

Abaixo, 13 especialistas examinam em quais habilidades um profissional de comunicação deve investir hoje para se manter relevante e estar preparado para as tendências futuras:

  • 1. Empatia e capacidades de percepção de dados

    Hoje, nossa profissão em constante mudança visa inspirar, educar e envolver o público-alvo em um relacionamento confiável de longo prazo. Portanto, vejo dois conjuntos de habilidades principais: a empatia que vem com a escuta e a narração de histórias: a capacidade mais ampla de olhar o mundo da perspectiva de outra pessoa. Além disso, os recursos de detecção de dados: relacionados ao saber ler dados e as principais ferramentas que ajudam a obter informações de big data.

    Svetlana Stavreva, da IBM

  • 2. Habilidades tecnológicas

    As pessoas estão preocupadas com o fato de os robôs assumirem empregos. Bem, devemos observar as tendências tecnológicas, como isso afetará o futuro do trabalho e garantir que estamos adquirindo as habilidades que sempre estarão em demanda, do marketing ao desenvolvimento de software. Afinal, são os humanos que estão construindo e promovendo a automação e os robôs, então, como podemos nos tornar obsoletos? Abrace a tecnologia. Mostre o impacto da tecnologia nas pessoas e na sociedade.

    Parna Sarkar-Basu, da Brand and Buzz Marketing, LLC

  • 3. Storytelling de dados

    O marketing sempre foi uma mistura hábil de arte e ciência, e parece que há mais especialistas em cada uma dessas áreas hoje em dia. Reunindo as duas, a narrativa de dados é uma habilidade (ou arte, você escolhe) muito procurada e diferenciadora.

    Patrick Reynolds, da SessionM

  • 4. Inteligência emocional

    A inteligência emocional é crucial. À medida que mais e mais do que fazemos se automatiza, uma das habilidades mais importantes que todos precisamos ter é a comunicação com as pessoas, o entendimento do que elas precisam e a capacidade de colaborar de maneira eficaz.

    Seema Kumar, da servicechannel.com

  • 5. Mentalidade aberta a mudanças

    Possuir uma mentalidade comprometida com o aprendizado contínuo (com livros, podcasts, artigos e líderes inspiradores com conhecimento para compartilhar) garantirá que você esteja sempre preparado para abraçar as mudanças do setor. A complacência e, pior ainda, a arrogância, só podem ser cultivadas com uma mentalidade fechada a novas ideias, sabedoria ou tendências. Quando você está focado em sempre saber mais, entende que nunca poderá saber tudo.

    Melissa Kandel, da little word studio

  • 6. Abordagem adaptativa

    Para se manter atualizado sobre as novas tendências e mudanças no mercado, você precisa adotar a abordagem adaptativa. Ouça seus colegas, leia as últimas notícias do setor, experimente novas ferramentas e não se atenha ao que você sabe que funciona. Teste novas abordagens, ferramentas e tecnologias. Dê uma chance e depois outra.

    Kobi Ben-Meir, da Yalber

  • 7. Curiosidade

    A adaptação bem-sucedida requer uma dose saudável de curiosidade. Separe um tempo para ler as notícias do setor todos os dias. Varie suas fontes, clique nos links das fontes originais, leia opiniões de diferentes perspectivas, compartilhe artigos e solicite debates. Essas são maneiras de criar um pensamento crítico e se preparar para a mudança no setor.

    Ellen Sluder, RingBoost

  • 8. Agilidade

    O cenário atual da mídia e da comunicação muda tão rapidamente que os líderes do setor precisam cultivar uma cultura de aprendizado ágil em suas organizações e permanecer de mente aberta e curiosos para quaisquer tendências e mudanças que surjam. Estar em sintonia com seu público-alvo para entender suas necessidades, comportamento de compra e consumo de mídia continua sendo crítico para o sucesso.

    Rafael Schwarz, da TERRITORY Influence (empresa do grupo Bertelsmann)

  • 9. Habilidades de pesquisa

    Da inteligência artificial à internet das coisas e da monetização à mobilização, o marketing continua a evoluir a uma velocidade vertiginosa. Para que os profissionais de marketing sejam bem-sucedidos, precisamos praticar pesquisas primárias para garantir que entendemos como os consumidores estão evoluindo e como as marcas podem se adaptar para continuar sendo relevantes. Confiar nos outros para fazer a pesquisa para nós sempre nos colocará um passo atrás dos líderes.

    Kathy Bryan, da Digital Media Solutions

  • 10. Ouvir

    Isso pode parecer óbvio, mas ouvir é uma habilidade que a maioria de nós precisa dominar. Ouvir requer prática extensa e contínua. Para ser o profissional de comunicação de marketing mais eficaz, aprimore a habilidade de ouvir deliberadamente. Pratique, pratique e depois pratique mais.

    Heather MacLean, da Associação de Engenheiros Profissionais e Geocientistas de New Brunswick

  • 11. Escrever

    Independentemente das mudanças tecnológicas ou do setor, comunicadores devem sempre ter a capacidade de escrever. Os canais podem estar mudando, mas quase tudo o que fazemos depende de escrever uma história, um script, um post e até uma legenda. Será ainda mais crítico à medida que a atenção continuar diminuindo e houver distrações brilhantes por toda parte. Uma boa escrita sempre será um diferenciador.

    Kate Barton, da Clearview Advisory

  • 12. Habilidades de venda

    Praticamente todo profissional de marketing (seja em comunicação de marketing, marca ou marketing de desempenho) é parte integrante do processo de vendas da empresa. Compreender o processo de vendas em geral e especificamente em sua organização fará de você um profissional de marketing mais eficaz. Acompanhe seus representantes de vendas, participe de chamadas de vendas e faça algum treinamento de vendas para entender melhor esse lado do negócio.

    Tom Wozniak, da OPTIZMO Technologies, LLC

  • 13. Habilidades em experiência do cliente

    Todo profissional, independentemente do cargo ou nível do trabalho, precisa elevar suas habilidades de experiência do cliente (CX). Quando produtos e preços competitivos são relativamente iguais, o CX pode ser um diferenciador de marca. Pessoas compram de pessoas. É por isso que aprender e aplicar as metodologias e práticas recomendadas da CX é fundamental agora e ainda mais no futuro, à medida que a tecnologia avança e desumaniza as experiências.

    Stacy Sherman, da Schindler Elevator Corporation

1. Empatia e capacidades de percepção de dados

Hoje, nossa profissão em constante mudança visa inspirar, educar e envolver o público-alvo em um relacionamento confiável de longo prazo. Portanto, vejo dois conjuntos de habilidades principais: a empatia que vem com a escuta e a narração de histórias: a capacidade mais ampla de olhar o mundo da perspectiva de outra pessoa. Além disso, os recursos de detecção de dados: relacionados ao saber ler dados e as principais ferramentas que ajudam a obter informações de big data.

Svetlana Stavreva, da IBM

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).